Infraero libera pista para ex-presidente e veta para tucano

PSDB recorreu à Justiça Eleitoral e entrou com representação por conduta vedada, para ter mesmo direito; pedido foi indeferido

ITAAN ARRUDA, ESPECIAL PARA O ESTADO

17 Outubro 2014 | 21h23

Atualizada em 20.10

Com quase uma hora de atraso, o avião do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva aterrissou, quinta-feira, 16, por volta de 11h30, na pista em obras do Aeroporto Internacional de Rio Branco. O local está interditado para outras aeronaves, mas houve tratamento excepcional para Lula, que foi ao Estado fazer campanha para Tião Viana, governador petista que concorre à reeleição, e para Dilma Rousseff. A informação foi divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo.

Já o candidato à vice-presidente pelo PSDB, Aloysio Nunes, tenta ir ao Acre desde segunda-feira, mas assessores locais do partido dizem que foram informados pela Infraero de que o tucano não poderia pousar em Rio Branco durante o dia em razão dos trabalhos na pista do aeroporto.

O PSDB recorreu à Justiça Eleitoral e entrou com uma representação por conduta vedada, para ter o mesmo direito de Lula. O pedido foi indeferido pela desembargadora Waldirene Cordeiro, mulher do ex-secretário de Estado de Fazenda do Acre, Mâncio Cordeiro. O PSDB também entrou com representação por improbidade administrativa no Ministério Público. O processo está em andamento.

A Infraero divulgou nota alegando que já havia liberado o pouso de aeronaves das 8 horas à meia-noite nos dias 16, 17 e 18 - a informação foi publicada em 15 de outubro, um dia antes da visita de Lula. A nota diz ainda que “a ‘janela’ será estendida de forma permanente, a partir de 19/10”.

A companhia também informou, por meio de nota assinada pelo seu presidente, Gustavo do Vale, que não recebeu nenhum pedido do senador Aloysio Nunes Ferreira, ou de qualquer pessoa filiada ao PSDB, para utilizar a pista do aeroporto de Rio Branco. "Aliás, não seria necessário, pois com a publicação dos Notans 2219/2014 e 2230/2014 qualquer aeronave da aviação geral pode utilizar o aeroporto, sem que seja necessária autorização do operador aeroportuário - basta o registro do plano de voo junto ao Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) até 45 minutos antes do voo", afirma.

 

Mais conteúdo sobre:
Eleições Lula

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.