Imóvel de luxo sob suspeita

Sediada no Alphaville, condomínio mais luxuoso de Goiânia, a casa que o governador Marconi Perillo vendeu em 13 de julho de 2011 por R$ 1,4 milhão foi a mesma na qual o contraventor Carlinhos Cachoeira foi preso em fevereiro deste ano. Na casa morava a futura mulher de Cachoeira, Andressa Mendonça. Quando as informações relativas às transações do imóvel e aos personagens a ele relacionados vieram a público, Perillo sustentou que o vendeu para o empresário goiano Walter Paulo. O governador admitiu que Wladimir Garcêz, braço direito de Cachoeira, havia intermediado o negócio.

O Estado de S.Paulo

11 Maio 2012 | 03h05

Walter Paulo confirmou a versão de Perillo, e afirmou ter emprestado o imóvel para Andressa. No entanto, conforme revelou o Estado, o empresário nunca foi oficialmente o dono da casa, vendida pelo governador a uma empresa que nunca teve Walter Paulo em seu quadro societário. Perillo sempre sustentou que recebeu três cheques pelo imóvel, mas nunca mostrou cópia deles.

Mais conteúdo sobre:
CPI do Cachoeira Marconi Perillo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.