Em Entre Rios, cidade mais petista no Estado mais tucano, filiado ao PSDB vota no PT

Em Entre Rios, cidade mais petista no Estado mais tucano, filiado ao PSDB vota no PT

O aposentado Joaquim Ribeiro dos Santos não votou em Aécio Neves porque acredita que governos federais do PT ajudam mais os pobres. Voto no PSDB para a prefeitura, afirma

Julia Affonso, O Estado de S. Paulo

27 Outubro 2014 | 12h20

Foi o Estado de Santa Catarina que deu a Aécio Neves (PSDB) sua vitória mais expressiva nessas eleições presidenciais. O tucano recebeu 64,59% dos votos válidos, contra 35,41% de Dilma Rousseff (PT). Mas há municípios que destoam do quadro. Em Entre Rios, a 560 quilômetros de Florianópolis, Dilma teve 70,88% dos votos e Aécio, 29,13%.

No cidade de cerca de 3 mil habitantes, 1.492 votaram na petista e 613 no tucano. O aposentado Joaquim Ribeiro dos Santos, de 66 anos, filiado ao PSDB, preferiu apoiar Dilma. "Sempre votei no PT para presidente. Eles ajudam os pobres", diz. "No PSDB aqui da cidade, eu tenho muitos amigos. Voto neles em eleição para a prefeitura."

Atualmente, o prefeito da cidade é do PMDB e o vice, do PSDB. No Estado, Aécio ganhou na maioria das cidades da região centro-leste. A vitória da petista se deu em maior parte no municípios do oeste, onde está Entre Rios.

O aposentado Gelso dos Santos, de 70 anos, afirma que votou em Dilma porque acredita que os benefícios sociais do governo ajudam muita gente. "Ela faz isso bem. Tem de melhorar a saúde e a inflação, que está subindo de novo", afirma. "Não votei nele (Aécio), porque tenho medo que não dê certo."

Em Benedito Novo, cidade com cerca de 10 mil habitantes a 180 quilômetros da capital, Aécio recebeu sua maior votação no estado. Dos votos válidos, ele teve 83,14%, contra 16,86% de Dilma.

São Paulo foi o segundo Estado onde Aécio venceu com maior porcentual de votos: 64,31% dos válidos, contra 35,69% da petista.

Mais conteúdo sobre:
eleições eleições 2014 santa catarina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.