1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Ela passeia, e eles partem para o ataque

Tiago Décimo, Fábio Grellet, Felipe Werneck e Alice Ferreira - Especial para o Estado - O Estado de S.Paulo

04 Março 2014 | 02h 07

Campos critica 'raposas' de Brasília, Aécio cobra obras da Copa e Dilma sai de lancha na Bahia

Enquanto a presidente Dilma Rousseff descansa na Base Naval de Aratu, na Praia de Inema, em Salvador - de onde só saiu para fazer um passeio de lancha na manhã de ontem - seus prováveis adversários na disputa pelo Planalto aproveitam o carnaval para criticar o governo e buscar votos entre os foliões.

Pré-candidato do PSB, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, apareceu ontem duas vezes nas festas do seu Estado e, além de criticar a execução de obras federais, fez um ataque aos políticos em geral. "Brasília está cheia de gente que pensa mais em si do que na nação", afirmou, em Nazaré da Mata.

Sem citar nomes ou partidos, Campos disse que o Brasil não quer mais ver "aquele velho pacto político carcomido e mofado". "O Brasil deseja a novidade na política. Deseja aposentar um bocado de raposas que hoje está assaltando os sonhos do povo brasileiro, que está barrando as mudanças que todos nós ajudamos a ver na cena brasileira."

Sapucaí. No Sambódromo do Rio, onde acompanhou desde a noite de domingo a primeira noite de desfiles do carnaval carioca, o pré-candidato do PSDB à Presidência, senador Aécio Neves (MG), também fez críticas ao ritmo de obras do governo federal, como as programadas para a Copa do Mundo, e à falta de verbas para a segurança.

No campo eu acho que o Brasil tem tudo para ganhar a Copa, mas do que foi prometido em termos de infraestrutura houve um fracasso absoluto", afirmou Aécio. Segundo o tucano, 23% das obras programadas não estão prontas "por incompetência do governo federal".

Distante da folia, Dilma aproveitou a primeira manhã ensolarada na região desde que chegou, na sexta-feira, para fazer um passeio pela Baía de Todos os Santos. A bordo da lancha Amazônia Azul, da Marinha, e acompanhada por familiares, a presidente deixou a base por volta das 7h30, na direção das ilhas mais desertas da baía, e foi vista retornando à área militar às 13 horas.

  • Tags:

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo