1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Cúpula da legenda ganha poderes para vetar alianças locais

Débora Bergamasco - O Estado de S.Paulo

12 Fevereiro 2014 | 02h 07

A Executiva Nacional do PSDB aprovou ontem resolução que dá poderes à cúpula do partido de vetar acordos feitos pelas direções regionais tucanas nos Estados. Qualquer aliança, agora, terá de passar pelo crivo do comando nacional. O presidente nacional do PSDB e provável candidato ao Planalto, Aécio Neves (MG), quer evitar que ocorra o mesmo roteiro visto em 2002 e 2010, com José Serra, e em 2006, com Geraldo Alckmin, quando setores regionais do partido não embarcaram no projeto nacional. O próprio Aécio, buscando votos em Minas, ora para o governo do Estado ora para o Senado, chegou a ser acusado de não apoiar com firmeza Serra e Alckmin ao Planalto. "A gente pode ter perdido por isso (as eleições passadas). Às vezes não fizemos por falta de orientação e coordenação", disse Aécio, cuja principal preocupação é que diretórios estaduais do PSDB apoiem candidatos a governador de partidos da base de apoio da presidente Dilma Rousseff.

  • Tags: