Comando da CPI cria regras para evitar vazamentos

Em mais um sintoma de que o comando da CPI do Cachoeira quer manter o controle das investigações, o presidente da comissão, Vital do Rego (PMDB-PB), estabeleceu ontem regras duras para evitar vazamentos.

O Estado de S.Paulo

04 Maio 2012 | 03h03

"Só os membros da CPI terão acesso. Não podem entrar com celular nem copiar documentos", disse ele. O senador acrescentou que assessores e jornalistas não poderão visitar a chamada sala-cofre. Para evitar que papéis circulem, Vital do Rego determinou que o Serviço de Processamento de Dados do Senado (Prodasen) digitalizasse toda a documentação e criasse uma senha de acesso para os parlamentares em seus tablets. Mas, como toda a investigação das operações da Polícia Federal já vazou, alguns parlamentares decidiram não esperar o Prodasen. Estão consultando os sites que publicaram os inquéritos. / JOÃO DOMINGOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.