1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Eleições 2014

Candidatos farão homenagem a Campos em horário eleitoral

Pedro Venceslau, Ana Fernandes e Ricardo Galhardo - O Estado de S. Paulo

14 Agosto 2014 | 23h 28

PSB, escolhido por sorteio para apresentar primeiro programa televisivo, ainda não definiu formato de sua mensagem de 2min3s

O primeiro dia do programa eleitoral gratuito na TV, que começa a ser exibido na terça-feira, será marcado por homenagens dos principais postulantes ao Palácio do Planalto ao ex-governador Eduardo Campos (PSB), que morreu na última quarta-feira em um acidente aéreo no litoral paulista.

A primeira será feita pelo próprio partido de Campos - e depois dela os programas da presidente Dilma Rousseff (PT) e de Aécio Neves (PSDB) também deverão dar espaço à figura do ex-governador e ao seu papel na política brasileira.

Segundo integrantes da coligação liderada pelo PSB, ainda não foi definido o formato, mas a ideia é utilizar material gravado pelo marqueteiro Diego Brandy. Pelo sorteio feito pelo Tribunal Superior Eleitoral, a chapa de Campos será a primeira do horário eleitoral - a coligação conta com 2min3s em cada bloco de 25 minutos.

Questionado sobre como seria o primeiro programa, Brandy admitiu a possibilidade da homenagem, mas disse aguardar um posicionamento da sigla para levá-la adiante. "Agora não temos cabeça para nada", afirmou. O marqueteiro, que trabalhou com Campos desde sua primeira eleição ao governo de Pernambuco, em 2006, e se tornou grande amigo dele, estava bastante abatido.

O PSB ainda não sabe o que fará com o tempo de TV a partir do segundo dia de exibição. O planejamento inicial era que a candidata a vice, Marina Silva, ocupasse grande parte dos programas nos primeiros dias.

Em 2010, ainda no PV, Marina recebeu pouco menos de 20 milhões de votos. Segundo pesquisa do Instituto Ibope de maio, Campos era menos conhecido que Dilma e Aécio na disputa ao Palácio do Planalto.

Junior Santos/Tribuna do Nordeste
Programas de rádio e televisão irão ao ar a partir da próxima terça-feira

Depoimento. A equipe de comunicação de Dilma também planeja fazer uma homenagem a Campos no primeiro programa de sua coligação no horário eleitoral gratuito na TV, mas ainda não bateu o martelo. Uma das ideias debatidas internamente, segundo um dos coordenadores da campanha petista, é que o ex-presidente Luiz Inácio Luiz da Silva, de quem Eduardo Campos foi ministro e aliado, grave um depoimento.

Há o temor, porém, de que a iniciativa soe oportunista. Os que defendem a homenagem argumentam que não é possível ignorar um fato dessa magnitude. Questionado sobre a homenagem ao ex-governador pernambucano, o ex-presidente disse nesta quinta-feira, durante uma entrevista coletiva em São Paulo, que ainda não fez a gravação.

"Ainda não (gravei). Não quero discutir isso agora, vou esperar as coisas se definirem corretamente", afirmou Lula. A coligação da presidente Dilma Rousseff tem direito a 11min24s em cada bloco de 25 minutos na TV - o maior espaço entre todos os candidatos.

Amigos. O senador tucano Aécio Neves também decidiu gravar uma fala em homenagem ao ex-governador de Pernambuco no primeiro programa de sua coligação. “Eles eram muito amigos. Conversei com o senador e ele disse que estava determinado a fazer uma fala”, disse o coordenador da campanha, senador José Agripino (DEM-RN).

A campanha tucana tem direito a 4min35s diários em cada bloco de 25 minutos no chamado palanque eletrônico.

Outros aliados do candidato do PSDB à Presidência demonstram a mesma preocupação do PT. Avaliam que é impossível ignorar a tragédia, mas ponderam que é preciso ter muito cuidado com o tom da homenagem. / COLABOROU CARLA ARAÚJO

Eleições 2014

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo