1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Eleições 2014

Após crise com Marina, PSB escolhe Erundina para coordenação de campanha presidencial

João Domingos - O Estado de S. Paulo

21 Agosto 2014 | 22h 58

Deputada assume lugar de Carlos Siqueira, dirigente histórico e aliado de Campos que deixou cargo criticando candidata ao Planalto

BRASÍLIA - A deputada Luiza Erundina (PSB-SP) foi designada na noite desta quinta-feira, 21, substituta do primeiro-secretário do partido, Carlos Siqueira, na coordenação da campanha à Presidência da República da ex-ministra Marina Silva. Erundina terá como coordenador-adjunto o deputado Walter Feldman (PSB-SP), escolhido pela agora candidata ao Planalto.

A escolha de Feldman por Marina motivou uma crise no PSB e a demissão de Siqueira, que acusou a candidata de querer se apropriar do partido e de não ser herdeira do legado do ex-governador Eduardo Campos, que morreu num acidente aéreo no dia 13.

A escolha de Erundina foi feita pelo presidente do PSB, Roberto Amaral, depois de consultar a deputada, em São Paulo, e falar da necessidade de ter alguém do partido na coordenação. A parlamentar chegou a ser cotada para vice na chapa de Marina - e disse que cumpriria qualquer missão -, mas o escolhido foi o líder do partido na Câmara, Beto Albuquerque (RS). Com Erundina, ex-petista como Marina e uma das parlamentares mais à esquerda do PSB, o partido tenta não perder o comando da campanha para a Rede Sustentabilidade, grupo da ex-ministra que se encontra abrigado no PSB.

Eleições 2014