1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Eleições 2014

Aécio muda itinerário após visitar parque vazio em SP

PEDRO VENCESLAU E LUÍS LIMA - Agência Estado

26 Julho 2014 | 11h 25

Alckmin, Serra e Aécio visitaram o Parque da Juventude, na zona norte

O candidato à Presidência pelo PSDB, senador Aécio Neves, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e o candidato ao Senado José Serra (PSDB) enfrentaram uma saia-justa neste sábado, 26, em ato de campanha na capital paulista.

O trio se encontrou no Parque da Juventude, na zona norte, local onde funcionou o antigo presídio do Carandiru, para fazer uma caminhada e registrar imagens com potenciais eleitores para o programa eleitoral. Mas encontraram o parque completamente vazio.

EVELSON DE FREITAS/Estadão
Candidatos pretendiam fazer campanha, porém encontram o parque vazio

A situação ficou pior quando começou a chover. Entre os poucos eleitores que encontraram no local estava um grupo de jovens que jogava futebol em uma das quadras. À distância, os adolescentes pediram aos tucanos a legalização das drogas. O senador Aécio Neves não entendeu o que os garotos gritavam e apenas sorriu.

Em outro momento, uma professora da rede estadual de Ensino, Amabile Lopes, de 28 anos, aproximou-se de Alckmin e fez um agradecimento. O governador virou-se e estendeu a mão para a moça, que disse: "Muito obrigada por ter sido demitida na última sexta-feira".

O tucano, então, afirmou não haver demitido ninguém. "Quem demitiu foi a Secretaria", disse o governador. Antes de ir embora, disse à professora que iria ver o que tinha acontecido.

Alckmin, Serra e Aécio discutiram, então, uma outra alternativa para fazer campanha neste sábado chuvoso em São Paulo. Cogitaram ir até o Mercado Municipal, na região central, para comer sanduíche de mortadela, mas acabaram decidindo ir para Itaquera, na Feira Tecnológica da Zona Leste.

Eleições 2014