1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

Roldão Arruda é jornalista e repórter da editoria de política do Estadão. Dedica-se sobretudo à cobertura de temas relacionados a direitos humanos e questões de movimentos sociais. Já trabalhou nos jornais Movimento e Folha de S. Paulo e na revista Veja. É autor do livro 'Dias de Ira'.
quarta-feira 31/07/13 20:04

Gurgel participa de lançamento do Brasil Nunca Mais digital

dilma244

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, vai participar do ato de lançamento da edição digital dos documentos do Brasil Nunca Mais, no próximo dia 9, em São Paulo. Sua presença foi anunciada pelos procuradores da 3.ª Região da Procuradoria-Geral, que organizam o evento. Também é esperada a atual coordenadora da Comissão Nacional da Verdade, a advogada Rosa Maria Cardoso da Cunha. O site Brasil Nunca Mais Digit@l vai possibilitar o acesso a todo o material colhido no início dos ...

Ler post
terça-feira 30/07/13 22:29

Associação de juízes rebate declarações de sociólogo

A diretoria da Associação Paulista de Magistrados (Apamagis) divulgou nota contestando as declarações feitas pelo sociólogo Aldo Fornazieri em entrevista concedida ao jornal O Estado de S. Paulo. No texto, publicado na edição de domingo, 28, o sociólogo fez críticas ao Poder Judiciário. A nota da associação, divulgada em seu site com o título Uma Mentira Repetida Mil Vezes, diz que o sociólogo, "com base em informações superficiais e recheadas de meias verdades, cometeu uma série de ...

Ler post
terça-feira 30/07/13 20:16

Advogados que lutaram contra ditadura ganham memorial

marcos244b

O antigo prédio da 2.ª Auditoria Militar de São Paulo, um dos principais símbolos da repressão política nos anos da ditadura militar, vai ganhar nova destinação. Na segunda-feira, 5, ele será repassado oficialmente à seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP), que vai instalar no local um memorial destinado a lembrar e homenagear os advogados que atuaram contra a ditadura, dedicando-se à defesa de presos políticos. O prédio fica no número 1249 da Avenida Brigadeiro Luiz Antonio, ...

Ler post
segunda-feira 29/07/13 23:25

Papa quer ouvir bispos para reformas. E as mulheres?

papa544

O papa Francisco deixou claro em sua visita ao Brasil que pretende reformar a Igreja Católica. Falou em estruturas “caducas” e do risco de “ficar para trás”. Também falou que essas reformas não serão impostas de cima para baixo – e que os bispos e as conferências episcopais espalhadas ao redor do mundo estão sendo ouvidas pela comissão que ele nomeou para conduzir o processo.

Essa talvez tenha sido a parte mais reveladora da entrevista que ele deu ao repórter Gerson Camarotti, da TV Globo. Com um nível de informalidade surpreendente para um pontífice, Jorge Bergoglio falou ao repórter de suas insatisfações, dos problemas na Cúria Romana e da necessidade permanente que a Igreja tem de se reformar – uma vez que os valores de uma geração podem não ter a mesma serventia para a seguinte.

Ao descrever o processo de encaminhamento das reformas, frisou que o episcopado está sendo ouvido dentro do espírito de sinodalidade da Igreja. Ponto para ele. Mais do que declarações sobre a pobreza e gestos que simbolizam sua opção pela simplicidade, essa foi a principal indicação da entrevista de como o seu pontificado tende a se diferenciar de seus dois antecessores – João Paulo 2.º e Bento 16.

Os dois foram repetidamente criticados pelo excesso de centralização, contrariando o espírito do Concílio Vaticano 2.º, que enfatizou a colegialidade da Igreja.

Resta saber se o papa conseguirá enfrentar as resistências encasteladas no interior da própria Igreja e quais os limites do seu espírito reformista. Seria bom se ele ousasse abrir espaço para uma maior participação das mulheres nesse processo de mudanças. 

Quem olhar com atenção das fotos das cerimônias religiosas e encontros da cúpula da Igreja no Rio poderá ver, com clareza, como as mulheres estão alijadas do poder e até do cerimonial. Em seus discursos, o papa falou muito e elogiou o papel das mulheres como avós e mães. Será que, no processo de reformas, vai reconhecer que elas são mais do que isso?

Acompanhe o blog pelo Twitter – @Roarruda

 

Ler post
quinta-feira 25/07/13 01:22

Em Aparecida, papa ficou longe do Brasil profundo

Francisco244

João Paulo 2.º foi o primeiro papa a visitar o Brasil. Sua primeira missa em território nacional aconteceu no dia 30 de julho de 1980, uma segunda-feira. Foi na Esplanada dos Ministérios e diante de quase 800 mil pessoas. Durante a homilia ele se referiu aos riscos e perigos que o fiel católico corre quando "sucumbe à mística do hedonismo ou da glória, prazer ou do poder". O papa polonês gostava desse tema. Lembrei disso ao ouvir na quarta-feira, 24, o ...

Ler post
terça-feira 23/07/13 22:09

Declínio do PT não favorece em nada o PSDB

protesto544

O PT atravessa uma das piores crises de sua história. Desde o início das grandes manifestações de rua, em junho, a perda de apoio ao partido e ao governo da presidente Dilma Rousseff parece uma sangria desatada. Isso todo mundo já sabe. O fato curioso - e ainda pouco destacado dessa história - é que nada disso favorece diretamente seu maior inimigo, o PSDB. Nas pesquisas sobre intenção de voto, os eleitores que estão deixando de declarar apoio a candidatos petistas ...

Ler post
quinta-feira 18/07/13 17:53

Contra chacinas, Anistia Internacional pede mudança na PM

candelária244

Passados 20 anos da chacina da Candelária, na qual oito jovens foram mortos por policiais, as execuções extrajudiciais continuam ocorrendo no País. Suas principais vítimas são adolescentes negros e pobres. É o que lembra a Anistia Internacional, em nota divulgada hoje para lembrar a chacina, ocorrida na madrugada de 23 de julho de 1993. Na avaliação da organização internacional, para conter as execuções é preciso que sejam investigadas e punidas por tribunais civis - não por tribunais especiais. Por outro lado, ...

Ler post
quarta-feira 17/07/13 20:36

PT perde espaço em todo o País, especialmente entre jovens

crisept

O jornalista Ricardo Kotscho escreveu em seu blog que a reportagem que publiquei no Estadão, na segunda-feira, 15, sobre a perda de apoio ao PT  na periferia de São Paulo, após os protestos de junho, não destacou uma questão importante da pesquisa na qual o texto se baseou. Ele se refere à informação de que, mesmo com a queda, o partido, continua à frente dos concorrentes. Mesmo caindo de 34% para 22% da preferência, a legenda petista tem ...

Ler post
sexta-feira 12/07/13 21:19

Os sindicatos, mais ricos e menos capazes de mobilizar

MOTOBOY244

Fui à Avenida Paulista, na quinta-feira, 11, para ver a grande concentração anunciada pelas centrais sindicais. Ouvi discursos durante mais de duas horas, diante do carro de som, misturado aos grupos que ali disputavam espaço. A missão desses grupos era expor e divulgar o nome da central que representavam. Material para isso não faltava: passei todo o tempo submerso num mar de faixas industrializadas, cartazes, bandeirolas, bonés, camisetas e até balões enormes pairando diante do Masp. Essa riqueza contrastava com ...

Ler post