1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

Roldão Arruda é jornalista e repórter da editoria de política do Estadão. Dedica-se sobretudo à cobertura de temas relacionados a direitos humanos e questões de movimentos sociais. Já trabalhou nos jornais Movimento e Folha de S. Paulo e na revista Veja. É autor do livro 'Dias de Ira'.
terça-feira 30/10/12 20:24

Comissão da Verdade ouve ex-agente do DOI-Codi

A Comissão Nacional da Verdade ouviu nesta terça-feira, 30, o depoimento do ex-analista do Destacamento de Operações de Informações do Centro de Operações de Defesa Interna do 2.º Exército em São Paulo (DOI-Codi/SP), Marival Chaves Dias do Canto. Ele tem sido apontado como uma das figuras centrais no esclarecimento de fatos relativos à ditadura militar. Foi por meio de seus depoimentos a jornalistas, a partir de 1992, que se tornou possível começar a desmanchar a teia de informações que envolve a ...

Ler post
segunda-feira 29/10/12 23:18

Ex-ministra de Lula pode voltar à cena com Haddad

O nome da ex-ministra Matilde Ribeiro figura na lista dos cotados para chefiar a futura Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial, uma das promessas de campanha de Fernando Haddad (PT). Além de militante histórica dos movimentos negro e feminista, Matilde é filiada ao PT, tem ligações com a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e dirigiu durante quase cinco anos a Secretaria Especial de Promoção de Políticas da Igualdade Racial (Seppir). Ela chegou ao ministério em 2003, pelas mãos do presidente ...

Ler post
segunda-feira 29/10/12 00:14

Gigante democrático

cármem22

O Brasil não está se transformando apenas num gigante econômico, como se gosta de dizer por aí. As eleições municipais encerradas neste domingo, 28, atestaram, uma vez mais, que o País também pode virar um gigante democrático. O colégio eleitoral brasileiro tem 138 milhões de eleitores – atrás apenas dos Estados Unidos e da Índia - e elege prefeitos de todas as cidades há 27 anos, desde o fim da ditadura militar, em 1985. Nunca antes em sua história os brasileiros ...

Ler post
sexta-feira 26/10/12 21:26

Grupo Araguaia localiza outra ossada na região da guerrilha

araguaia22

O Ministério da Defesa divulgou nesta sexta-feira, 26, que o Grupo de Trabalho Araguaia “recolheu mais um resto mortal” na região da Guerrilha do Araguaia, ocorrida no início da década de 1970. Segundo a nota da assessoria de imprensa, o material foi enviado “para análises periciais em Brasília”.

Esta foi a quarta expedição do grupo neste ano à região dos municípios de Xambioá (TO) e São Geraldo do Araguaia (PA). O “resto mortal” foi encontrado num antigo cemitério de São Geraldo.

Em junho o grupo havia localizado restos mortais de outras duas pessoas. Tanto naquela época quanto agora a notícia não teve nenhuma reação positiva entre os familiares dos desaparecidos.

Desde a década de 1990 diferentes grupos já realizaram expedições à região. No total, foram localizadas 25 ossadas. Só uma foi identificada. “Estão colecionados restos mortais em Brasília, sem concluir o trabalho de identificação”, diz a ex-guerrilheira Crimeia de Almeida, companheira de André Grabois, um dos integrantes da lista de desaparecidos.

 

Crimeia é uma das signatárias da ação que está sendo movida por familiares na Corte Interamericana de Direitos Humanos, vinculada à OEA, exigindo explicações do Brasil sobre a demora na localização e identificação dos desaparecidos. Eles acusam o governo de trabalhar sem métodos científicos, desperdiçando recursos públicos. Seria mais eficiente e econômico, argumentam, se as Forças Armadas abrissem seus arquivos secretos e revelassem quais os lugares onde foram deixados os corpos dos guerrilheiros.

A quarta expedição do ano durou 12 dias. Uma parte dos trabalhos foi acompanhada pela psicanalista Maria Rita Kehl, membro da Comissão Nacional da Verdade e coordenadora do grupo de trabalho que apura a violação de direitos humanos contra camponeses e populações indígenas.

Além dos desaparecidos, a comissão está interessada na história de moradores que foram vítimas de violações de direitos humanos durante as campanhas realizadas pelo Exército para o combate à guerrilha. Em 2009, a Comissão de Anistia determinou indenizações a 44 camponeses paraenses (ou seus parentes) por terem sido torturados, mortos ou perdido as propriedades durante a ação dos militares.

Acompanhe o blog pelo Twitter – @Roarruda

 

Ler post
quinta-feira 25/10/12 21:25

Partidos são punidos por não respeitar cotas para mulheres

Em sessão realizada na quarta-feira, 24, o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo decidiu punir o PMDB por não cumprir normas eleitorais destinadas a estimular a participação das mulheres nas eleições. No próximo semestre, o partido vai perder 10 minutos da propaganda partidária gratuita na TV e outros 8m45s no rádio.

 

De acordo com representação encaminhada ao TRE pela Procuradoria Regional Eleitoral, o partido não respeitou o capítulo da Lei dos Partidos Políticos que obriga destinar pelo menos 10% do tempo ...

Ler post

quinta-feira 25/10/12 16:44

Para acusar Ustra, juiz usa argumento do STF no mensalão

Edgar22

Na Argentina, foram os juízes de primeira instância que questionaram pela primeira vez, em 2001, as leis conhecidas como Ponto Final e Obediência. Eram as leis com as quais o presidente Carlos Menem (1989-1999) anistiara agentes de Estado acusados de crimes ocorridos no período da ditadura militar, durante a qual desapareceram cerca de 30 mil opositores políticos. O advogado Gastón Chillier, do Centro de Estudos Legais e Sociais da Argentina, lembrou isso dias atrás, ao participar de um colóquio sobre justiça de transição, organizado pela Conectas, em São Paulo. "Foi ...

Ler post
quinta-feira 11/10/12 18:18

Cientistas e sindicalistas pedem a Dilma para vetar texto do Código Florestal

Código22

Cientistas, sindicalistas e sem-terra encaminharam cartas à presidente da República, Dilma Rousseff, pedindo que vete a medida provisória que trata do Código Florestal. Na quarta-feira, 10, a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e a Academia Brasileira de Ciências entregaram no Planalto um documento assinado em conjunto, no qual afirmam que a MP 571/2012, com o texto aprovado recentemente no Congresso, representa “mais retrocessos e riscos para o País”. Hoje, 11 de outubro, Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Confederação Nacional ...

Ler post
quarta-feira 10/10/12 20:27

Justiça Federal responsabiliza Incra por um terço do desmatamento e proíbe novos assentamentos no Pará

Atendendo a pedido do Ministério Público Federal, a Justiça proibiu o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) de criar novos assentamentos no Estado do Pará sem antes obter a regularização ambiental. No texto da sentença, o juiz Arthur Pinheiro Chaves, da 9.ª Vara Federal, cita levantamento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), segundo o qual quase 30% do desmatamento na Amazônia Legal ocorre no interior dos assentamentos. No Pará, ainda segundo informações apresentadas pelo MPF à Justiça Federal, ...

Ler post
terça-feira 09/10/12 21:02

Caciques políticos discriminam mulheres nas eleições

dilma222

De acordo com levantamento realizado pelo demógrafo José Eustáquio Diniz Alves, neste ano foram eleitas 7.648 mulheres para as câmaras municipais de todo o País e outras 663 para as prefeituras. Na comparação com a eleição anterior, em 2008, isso representou um avanço. No caso das câmaras, elas passaram de 12,5% para 13,3% do total de cadeiras disponíveis. Nas prefeituras, a variação foi de 9,1% para11,8%. Se a comparação for feita, porém, com a presença das mulheres no conjunto da população e com outros níveis ...

Ler post