Medidas de financiamento ficarão prontas em 2 semanas

Estadão

02 Dezembro 2010 | 17h04

‘Não é fácil, será um conjunto grande de medidas’, afirma Guido Mantega, ministro da Fazenda 

Célia Froufe, da Agência Estado

BRASÍLIA – O ministro da Fazenda, Guido Mantega disse nesta quinta-feira, 2, que o pacote de medidas de financiamento de longo prazo será finalizado em aproximadamente duas semanas. Havia expectativa de que o ministro anunciasse parte delas nesta manhã durante reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), a última do governo Lula, em Brasília.

\”Não é fácil, será um conjunto grande de medidas\”, afirmou. O ministro não quis comentar a votação do pré-sal ontem na Câmara, alegando que não viu o resultado.

Cadastro Positivo

O ministro da Fazenda afirmou que espera que os bancos reduzam as taxas de juros, após a regulamentação do Cadastro Positivo. \”Quando conversamos com as instituições, garantiram a redução do spread. E vamos cobrar essa fatura, depois que o Cadastro Positivo entrar em vigor\”, afirmou Mantega. O cadastro positivo foi aprovado ontem pelo Senado Federal e segue agora para sanção presidencial.

O ministro disse que não sabe por que houve tanto obstáculo para a aprovação esse mecanismo. \”É uma velha luta\”, resumiu. Segundo ele, quando não há informações sobre quem paga as contas em dia, as instituições tendem a tratar todos da mesma forma. Segundo ele, o cadastro mostrará que mais de 95% dos brasileiros têm comportamento correto, em relação a suas dívidas.