Governo vai reduzir recursos para BNDES, diz Mantega

Estadão

06 Dezembro 2010 | 17h05

Redução ocorrerá a partir de 2011, uma vez que o banco de fomento já cumpriu o papel de impulsionar a economia brasileira no pós-crise

Jacqueline Farid, da Agência Estado

RIO – O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta segunda-feira, 6, que, após cumprir um papel anticíclico para impulsionar a economia brasileira no pós-crise, o governo pretende reduzir os subsídios e os recursos para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), abrindo mais espaço para o setor privado no financiamento dos investimentos. “A partir de 2011, vamos reduzir gastos de custeio e subsídios, vamos reduzir recursos para o BNDES para o setor privado entrar”, disse o ministro, durante seminário no Rio.

Segundo Mantega, nas próximas semanas o governo deverá anunciar medidas para ampliar o crédito do setor privado a longo prazo, dividindo esse papel com o BNDES. O ministro também disse, no seminário, que o governo vai “diminuir a política fiscal e abrir espaço para a política monetária, reduzindo a dívida publica e abrindo espaço para a queda dos juros”.