Cardozo anuncia Leandro Coimbra como novo diretor-geral da PF

Estadão

29 Dezembro 2010 | 20h07

Leandro Colon

O futuro ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, anunciou nesta quarta-feira, 29, que o atual superintendente da Polícia Federal (PF) em São Paulo, Leandro Coimbra, será o novo diretor-geral da corporação. Segundo Cardozo, a escolha não foi simples. “Não é fácil escolher um nome entre a oferta de nomes. Entrevistei várias pessoas. A partir de uma avaliação feita por mim, nós escolhemos para diretor-geral da PF Leandro Daiello Coimbra”, afirmou.

Coimbra, de 44 anos, está na corporação desde 1995 e, em 2008, assumiu a superintendência de São Paulo. “A PF terá uma atuação muito importante no Ministério da Justiça”, disse Cardozo, que também anunciou a permanência no cargo do diretor-geral do Departamento de Polícia Rodoviária Federal (PRF), Hélio Derenne.

O futuro ministro no governo da presidente eleita Dilma Rousseff também anunciou que Luiz Paulo Barreto, atual ministro da Justiça, será o secretário-executivo do ministério.