Após sabatina, Tombini é aprovado por ampla maioria

Estadão

07 Dezembro 2010 | 17h52

Nome do indicado à presidência do Banco Central deve ser enviado ao Plenário do Senado nesta terça 

Fabio Graner e Fernando Nakagawa, da Agência Estado

BRASÍLIA – A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal (CAE) aprovou nesta terça-feira, 7, a indicação de Alexandre Tombini para a presidência do Banco Central no novo governo de Dilma Rousseff. Após sabatina de quase três horas de duração, o nome do atual diretor do BC foi aprovado por 22 votos favoráveis e apenas um contra na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

Dida Sampaio/AE

Dida Sampaio/AE

Agora, o nome de Tombini será apreciado no Plenário do Senado. O nome deve ser enviado ainda nesta terça ao Plenário, indicou a presidência da CAE. Economista, Tombini nasceu em 1963 em Porto Alegre, tem graduação pela Universidade de Brasília (UnB) e Ph.D. em economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos.

VEJA TAMBÉM