Ricardo Galhardo

31 Julho 2014 | 15h14

… na pesquisa Ibope divulgada pela TV Globo na quarta-feira, 30, causaram estranheza no comando da campanha do PT ao governo de São Paulo.  Os petistas ficaram surpresos com os 11% de Paulo Skaf. A expectativa era de que o candidato do PMDB ficasse entre 15% e 20%. Para os petistas, os 5% de Padilha eram esperados e vai ser preciso paciência. Para um dirigente do partido, o candidato do PT só vai avançar nas pesquisas a partir da segunda semana do horário eleitoral na TV, e a avaliação é de que Alckmin não teria como crescer mais do que as pesquisas têm atribuído ao tucano. A propaganda eleitoral deste ano começa em 19 de agosto.

Evelson de Freitas/Estadão