Valei-nos, Santa Bárbara!
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Valei-nos, Santa Bárbara!

Única novidade de 2016 para cá no STF foi que Gilmar Mendes mudou de opinião sobre prisão em segunda instância e sua vontade tirânica, ao querer impor que jurisprudência também mude, transforma plenário em ringue de MMA

José Nêumanne

21 Março 2018 | 13h55

STF pode mudar jurisprudência sobre 2.ª instância só porque Gilmar Mendes mudou de opinião. Foto: Renato S. Cerqueira/Futura Press

Se o STF endossar o tapetão para Lula, apenas porque um de seus membros, Gilmar Mendes, mudou de opinião, será responsável por uma grave crise de insegurança jurídica nesta República de réus. Pois um juiz de primeira instância, três da segunda e cinco do STJ, estas últimas por unanimidade, decidiram pela execução da pena que o STF pode a adiar.

Este parágrafo faz parte do texto “Um tapetão para Lula”, que escrevi e foi publicado na edição impressa do Estadão e também no Blog do Fausto Macedo e no BR18, de José Fucs, Vera Magalhães e Marcelo de Moraes.

Para lê-lo na íntegra clique aqui