Todos pela reforma
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Todos pela reforma

Não basta PSDB se unir como nunca antes: precisará fechar questão pela reforma da Previdência

José Nêumanne

27 Novembro 2017 | 17h39

Se se unir sob Alckmin, PSDB precisará fechar questão pela reforma da Previdência Foto: Leonardo Benassatto/Reuters

Há que esperar um pouco e se acautelar muito antes de imaginar que as eventuais renúncias de Tasso Jereissati e Marconi Perillo, abrindo mão da presidência do PSDB para unir o partido em torno do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, candidato único e de união. Mas, embora a convenção dos tucanos esteja marcada para daqui a 12 dias, convém avisar que a tal dignidade que o atual presidente afastado, Aécio Neves, tanto cobra de Temer só será conquistada se deputados e senadores fechem questão a favor da reforma da Previdência, em homenagem a um antigo item de seu programa e a uma luta travada nos dois governos da legenda sob Fernando Henrique. Este foi um dos temas do Estadão às 5, produzido no estúdio no meio da redação do jornal ancorado por Emanuel Bomfim e meus comentários e retransmitido pelas redes sociais Youtube, Twitter, Periscope Estadão e Facebook na segunda-feira 27 de novembro de 2017, às 17 horas.

Para ver o vídeo clique aqui