Serenidade, uma ova!
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Serenidade, uma ova!

Preocupada com a reação indignada da sociedade com decisão do STF de proibir prisão de Lula, condenado em segunda instância, Cármen Lúcia pede serenidade contra violência e intolerância, que nada têm a ver.

José Nêumanne

03 Abril 2018 | 11h38

Na antevéspera do julgamento de seu habeas corpus pelo STF, Lula vai à rua Foto: Antonio Lacerda/EFE

Dois dias antes de presidir a sessão em que será quase certa a concessão de absurdo habeas corpus para Lula e, em consequência, se encaminhará a possibilidade de alterar a jurisprudência do STF para proibir a prisão de condenados na segunda instância, a presidente Cármen Lúcia distribuiu vídeo na TV Justiça pedindo serenidade ao povo brasileiro para evitar violência, que, segundo ela, é contra a democracia. De onde ela tirou essa? Para começo de conversa, serenidade, uma ova! A arma do povo para evitar que os 11 ministros do STF cometam essa ignomínio, o povo tem que ficar é indignado e mobilizado para mostrar sua reprovação ao status transferido deles para seus coleguinhas de grei, milionários criminosos do colarinho branco.

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107,3 – na terça-feira 3 de abril de 2018, às 7h30m)

Para ouvir clique aqui

Para ouvir A gente somos inútel, com Ultraje a Rigor, clique aqui

Abaixo, assuntos do comentário:

1 Haisem A manchete do Estadão de hoje dá conta de que “decisão sobre Lula eleva tensão e Cármen pede serenidade”. Isso resolve alguma coisa?

CARMEN_SONORA

 

2 Carolina – Promotores e magistrados levaram documento com milhares de assinatura pedindo que o Supremo Tribunal Federal mantenha a jurisprudência adotada em 2016 de autorizar prisão de condenados em segunda instância. E criminalistas ricos e famosos pressionam exatamente pelo contrário. Algum dos lados tem alguma chance de mudar um voto que seja na decisão de amanhã?

 

3 Haisem Você acha que a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, fez bem em apelar ao Supremo para cassar a liminar concedida pelo ministro do STF Dias Toffoli anulando os efeitos da cassação do ex-senador goiano Demóstenes Torres pelo Senado e limpando sua ficha suja para permitir que dispute a eleição deste ano?

 

4 – Carolina A mesma Raquel Dodge denunciou ontem ao Supremo o líder do PP, um dos principais partidos do chamado Centrão, que apóia o governo, Arthur Lira, de Alagoas, por lavagem de dinheiro e prevaricação. Pelo visto, pelo menos no âmbito do Ministério Público, o combate à corrupção ainda não parou, apesar das reações do STF, não é?

 

5 – Haisem A juíza Leila Cury, da Vara de Execuções Penais de Brasília viu irregularidades na transferência do deputado Paulo Maluf do presídio da Papuda, em Brasília, para sua mansão na Rua Costa e Rica, no Jardim América, em São Paulo. Será que o ministro do STF Dias Toffoli andou exagerando na sua iniciativa de dar presente de Páscoa a vários condenados por crimes de colarinho branco?

 

6 – Carolina O presidente Temer andou mandando recados indiretos em pronunciamentos que fez ontem e no artigo publicado hoje na página de Opinião do Estadão a seus adversários que, segundo ele, estão desprezando os cânones do Estado de Direito. Isso tem algo a ver com a prisão de seus amigos na semana santa?

SONORA TEMER 01

 

7 – Haisem O ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso denunciou a existência de um pacto oligárquico para saquear o Estado brasileiro. Será que a situação chega mesmo a esse ponto?

 

8 Carolina Manifestantes colocaram velas nas escadarias da Câmara Municipal e da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro cobrando a aceleração das investigações da morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Pedro Gomes. Não seria o caso de ter paciência e dar mais tempo às autoridades policiais?

 

SONORA A gente somos inútil Ultraje a rigor

https://www.youtube.com/watch?v=9aHoWTs6xE0