Propina na pizzaria
As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Propina na pizzaria

A delação de Joesley, da JBS, foi a mais espetacular de todas, mas ainda não a última. Outras virão

José Nêumanne

19 Maio 2017 | 13h25

Manifestantes aproveitam a crise do governo para ir às ruas contra Temer. Foto: Fernando Bizerra Jr./EFE

No Podcast Comentaristas do Jornal Eldorado de sexta-feira 19 de maio de 2017 Marcelo de Moraes, Eliane Cantanhêde, Gustavo Loyola, Sônia Racy e eu tratamos, como não podia deixar de ser do assunto do momento: a delação de Joesley Batista contra o presidente Michel Temer. No Direto ao Assunto lembrei que o mais grave não é o que o presidente não falou no encontro dos dois, mas, sim, a comprovação da entrega de propina por um diretor do grupo a um emissário de Temer numa pizzaria. Marcelo abordou o discurso do presidente, a repercussão e o que vem pela frente e a batalha dele para resistir e convencer sua base a brigar por seu  governo a esta altura dos estragos. Eliane tratou da continuação das delações premiadas dos irmãos Batista. Sônia, como eu também o fizera, questiona o fato de a PGR ter aceito um acordo “pífio de R$ 220 milhões com gente que tinha informantes na própria PGR enquanto fazia delação”. E Gustavo Loyola lidou abordou a alta do dólar, a queda da Bolsa e a repercussão no mercado financeiro. Em Perguntar não ofende, Marília Ruiz comentou a punição a jogadores que tentam enganar a arbitragem.

Para ouvir o Podcast clique aqui

 

0 Comentários