Quem é que ainda chora por Dilma?
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Quem é que ainda chora por Dilma?

Na canção Gil diz que o choro de quem não chora pra valer não é choro, é chororô. É o caso dos chorões de Dilma no Senado?

José Nêumanne

29 Abril 2016 | 10h27

Medo de chorar, na letra de Gilberto Gil

Medo de chorar, na letra de Gilberto Gil

Da letra de Chororô, que fez sucesso na voz de seu autor, Gilberto Gil, antes de ele ser ministro da Cultura de Lula, e a melô perfeita para definir o comportamento dos chorões de Dilma, massacrados pela aritmética, 21 a 5, extraio verdadeira lição de vida para quem chora pela teta a ser perdida:

Chororô, chororô, chororô
É muita água, é magoa, é jeito bobo de chorar
Chororô, chororô, chororô
É mágoa, é muita água, a gente pode se afogar

Danou-se, viche, arre égua!

Clique na linha azul abaixo e relembre a canção:

Chororô, Gil