O povo na rua
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O povo na rua

Democraticamente, povo na rua em ordem reclama do Congresso e apoia Moro e Lava Jato.

José Nêumanne

05 Dezembro 2016 | 09h00

Povo foi à rua domingo para mostrar que não está de brincadeira

Povo foi à rua domingo para mostrar que não está de brincadeira. É bom que Congresso preste atenção nisso.

Ordem perfeita e absoluta, sem conflitos nem quebra-quebra, nas manifestações contra as nove emendas da meia noite na Câmara e o presidente do Senado, Reunan, e a favor da Lava Jato, atesta a expressão democrática do povo brasileiro de descontentamento com a elite política. O presidente Temer não foi aplaudido, mas também não foi apupado nem nas ruas nem na Arena Condá durante o velório dos passageiros do voo da Lamia, que caiu em Medellín. Este é um sinal de que a chamada maioria silenciosa não quer saber de solavancos institucionais nem de dar guarida a oportunistas como os tucanos Aécio Neves e Fernando Henrique por calar ou falar sempre nas horas menos próprias.

(Comentário no Estadão no Ar da Rádio Estadão – FM 92,9 – na segunda-feira 5 de dezembro de 2016, às 7h12m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul