Lula sozinho
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Lula sozinho

Prisão do petista não conflagrou nem incendiou o País e não foram a São Bernardo líderes do PT, como Wagner e Genro, e "presidenciáveis" de esquerda, como Ciro e Marina. Não foi propriamente um bicho de sete cabeças.

José Nêumanne

09 Abril 2018 | 17h39

Petista atravessou a pé, rodeado por um cordão humano, a rua para se entregar à PF Foto: Leonardo Benassatto/Reuters

Em nenhuma das transmissões ao vivo dos protestos populares contra a prisão de Lula constatou-se a presença de mais do que centenas de pessoas. É muito pouco para confirmar profecias como a do ministro do STF Marco Aurélio Mello, que dizia temer que ela “incendiasse” o País. Basta lembrar que o local usado para isso no Rio foi a Cinelândia, um espaço acanhado demais para ser comparado com a orla de Copacabana, que abrigou manifestações imensas contra o stablishment do Estado brasileiro, que seu PT comandou de 2002 a 2016. Da mesma forma, faltaram petistas importantes no beija-mão de São Bernardo e nenhum presidenciável de esquerda foi ao ABC solidarizar-se com ele.

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107.3 – na segunda-feira 9 de abril de 2018, às 7h30m)

Para ouvir clique aqui e, em seguida no play

Para ouvir Malandro moderno, com Bezerra da Silva, clique aqui

 

Abaixo, assuntos para o comentário

 

1 – Haisem – Qual a mais importante conclusão que você tira do polêmico episódio da apresentação de Lula à Polícia Federal no sábado, à noite?

 

2 – Carolina – Que utilidade vai ter o material gravado em São Bernardo do Campo a ser usado na campanha eleitoral presidencial de outubro?

SONORA_LULA A

 

3 – Haisem – Lula, pelo menos, conseguiu demonstrar a força política que pretendia no tempo que ganhou retardando sua apresentação à PF?

SONORA_MIRO 0904

 

4 – Carolina A defesa de Lula, que contava com o voto de Rosa Weber na votação do habeas corpus que pediu ao STF, agora está contando com o voto da mesma ministra na votação da ADC com que pretende ver anulada a possibilidade de proibição da prisão em segunda instância. Você acha que ela tem razões para ser otimista no caso?

 

5 – Haisem – Em que o simbolismo da volta de Lula ao sindicato pode ajudá-lo a voltar ao protagonismo na política brasileira no panorama do Brasil que precisa ser reconstruído depois da maior crise da História provocada pelos três governos e meio sob sua égide?

 

6 – Carolina – Que sinais o Lula deu à sociedade brasileira de qual vai ser o projeto político que o grupo sob seu comando vai propor  no futuro?

 

7 – Haisem – Quais serão os resultados prováveis da declaração de guerra de Lula a polícia, procuradores e juízes antes de se recolher à cela em Curitiba?

 

8 – Carolina – Houve um evidente alívio de grande parte, se não da maioria da sociedade brasileira, com a prisão de Lula. Por quê? Quais são as novas expectativas dessa mesma sociedade a partir do fato concreto de que ele foi privado da liberdade?

 

SONORA Malandro moderno Bezerra da Silva

https://www.youtube.com/watch?v=xDTP7W5C01s