Julgamento para a História
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Julgamento para a História

No julgamento do habeas corpus de Palocci no STF, Gilmar Mendes acusou Lava Jato de corrupção sem provas e Marco Aurélio apelou para o julgamento da História, esquecendo o próprio passado, mas perderam

José Nêumanne

13 Abril 2018 | 12h34

Gilmar confabula com Toffoli no plenário do STF, em que ambos têm sido derrotados. Foto: Dida Sampaio/Estadão

As duas últimas sessões plenárias do STF deram uma vitória inesperada – com o voto normalmente contrário do decano Celso de Mello a favor – por 7 a 4 às prisões provisórias da Operação Lava Jato, contrariando os vencidos Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio Mello e Gilmar Mendes. Este deu graves demonstrações de insanidade mental e desrespeito ao acusar procuradores federais de corrupção e até referir-se de forma pejorativa a um romance entre um deles e uma advogada da JBS, exibindo de forma constrangedora investigação à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, por ele indicada para o cargo. Marco Aurélio invocou o julgamento da História, esquecendo-se de ter merecido prebendas de ex-presidentes depostos.

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107,3 – na sexta-feira 13 de abril de 2018, às 7h30m)

Para ouvir clique aqui e em seguida no play

Para ouvir Meu País, com Zé Ramalho, clique aqui

Assuntos para comentário de 13 de abril de 2018 – Sexta-feira

 

1 – Haisem – Manchete do Estadão hoje revela que “PT e Planalto fazem lobby no STF contra prisão em segunda instância”. Você acha que a sessão de ontem consagra de uma vez ou revela que essa óbvia notícia do tal do acórdão pode ter sofrido uma derrota na sessão dos últimos dois dias que negou mais um habeas corpus, agora para Antonio Palocci?

 

2 – Carolina – Você gostaria de destacar para nossos ouvintes alguns dos votos proferidos na decisão final, ontem?

SONORA_GILMAR 1304

 

3 – Haisem Por que a ministra do STF Rosa Weber chamou de “mantra” a mesma decisão que tem tomado seguidamente contra habeas corpus no Supremo ao negar outro habeas corpus em julgamento no Tribunal Superior Eleitoral?

SONORA_ROSA 1304

 

4 – Carolina Por que o ex-governador paulista Geraldo Alckmin teve um alívio quando o pedido do vice-procurador da República, Luciano Mariz Maia, aceito pela ministra Nancy Andrighi, do Superior Tribunal de Justiça, encaminhou a denúncia contra ele, à Justiça Eleitoral, e não à pena, como os procuradores da Operação Lava Jato em São Paulo preferiam que fosse?

 

5 – Haisem Até que enfim, o STF resolveu marcar julgamento de denúncias contra acusados pela Lava Jato, Nelson Meurer e Aécio Neves, e o relator do tucano, não aceitou o pedido de adiamento de Andrea Neves. Seria esta mais uma vitória da Lava Jato na chamada Corte Suprema?

 

6 – Carolina O que você tem a dizer a respeito da operação da Lava Jato que resultou em mandados de busca e apreensão relativas à roubalheira nos Fundos de Pensão durante o mandarinato do PT?

 

7 Haisem A que você atribui o fato de a entrevista que você fez com o ex-guerrilheiro e fundador do PT Paulo de Tarso Venceslau e publicou na sua nova série no Blog do Nêumanne, Dez Perguntas para;;; ter provocado tanta repercussão?

 

8 Carolina Por que o Planalto teme tanto as investigações sobre a concessão do Porto de Santos ao Grupo Libra?

 

SONORA Meu Brasil Zé Ramalho

https://www.youtube.com/watch?v=qPM2TGwOCMQ