Intervenção em questão
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Intervenção em questão

Não será fácil pro governo conseguir dinheiro e facilidades na Justiça para ajudá-no na intervenção no Rio

José Nêumanne

22 Fevereiro 2018 | 13h28

Jungmann teve vida fácil no Congresso, mas não será mais tão fácil de agora em diante. Foto: André Dusek/Estadão

Meu Direto ao Assunto abriu o Podcast Comentaristas do Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107,3 – na manhã de quinta-feira 22 de novembro de 2018 e tratou dos seguintes assuntos: ameaça de rebelião no Congresso, cujos líderes se queixam de Temer desafiar o protagonismo do Legislativo; mandados de busca e apreensão coletivos na intervenção do Rio não são tão pacíficos como governo alardeia; Lula chama intervenção federal de pirotecnia e, dando prova de fraqueza, Temer manda porta-voz rebater; a volta desse porta-voz, Parola, depois de longo oblívio para desfazer a lambança de Elsinho Mouco; a confissão absurda do marqueteiro sobre as intenções politiqueiras de seu chefe na atual conjuntura; e o depoimento do escrevente que contou a Moro ter preparado um documento passando a propriedade do sítio de Atibaia ao casal Lula da Silva. Eliane Cantanhêde comentou a percepção do brasileiro sobre corrupção, que caiu 17 casas em 2017 diante de 2016, em plena era Lava Jato; a reunião dos secretários de segurança de três estados com o ministro da justiça, todos preocupados com a migração de criminosos do Rio; e a discussão sobre armas. Alexandre Garcia disse ser impossível prever o Rio de Janeiro, depois de conversar em particular com o general Etchegoyen; e as revelações sobre o sítio de Atibaia atribuído a Lula e os imóveis das filhas de Palocci. Em Direto da Fonte, Sonia Racy contou que interesse da Suzano pela Fibria desperta players internacionais.

Para ouvir clique aqui