Filme sem mocinho
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Filme sem mocinho

Palocci não é inocente dos crimes de Lula e Lula é useiro em fazer o que se queixa de Palocci

José Nêumanne

27 Setembro 2017 | 11h03

Espírito santo e orelha antes, agora Palocci e Lulla são inimigos juramentados Foto: Celso Júnior/AE

Em carta endereçada à presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), o ex-ministro da Fazenda de Lula e ex-chefe da Casa Civil de Dilma Antônio Palocci rompeu com seu partido, disse que o ex-presidente “sucumbiu ao pior”, falou mal de Dilma e do próprio partido e pediu a desfiliação. No texto, comporta-se como uma vítima, quando, de fato, ele foi agente do saque aos cofres da República nas quatro gestões de Lula, Dilma e agora Temer, do PMDB. Palocci é uma evidente vocação para o crime. Assim como Lula, que acusa o ex-auxiliar de confiança de traidor. O sujo fala mal do mal lavado dos dois lados: o ex-dirigente sindical foi informante da polícia na época da ditadura e Palocci não se furtou a furtar.

(Comentário no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107,3 – na quarta-feira 27 de setembro de 2017, às 7h30m)

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no play

Para ouvir Pecado Capital com Paulinho da Viola clique aqui

Abaixo, a íntegra da degravação do comentário:

Eldorado, 27 de setembro de 2017, quarta-feira

O ex-ministro Antonio Palocci, homem forte dos governos do PT e fundador do partido, enviou ontem à senadora Gleisi Hoffmann, presidente da legenda, uma carta na qual oferece sua desfiliação e faz um duro relato pessoal, em tom emotivo, sobre o “acúmulo de eventos de corrupção” nos governos Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. O que deu no homem?

Em pouco mais de três páginas, Palocci provoca o que foi descrito por um alto dirigente petista como uma “hecatombe” ao dizer que viu Lula se dissociar do “menino retirante” e “sucumbir ao pior da política”.

Ele conta detalhes sobre suposto pedido de propinas à Odebrecht na biblioteca do Palácio da Alvorada, compara o PT a uma “seita” submetida à “autoproclamação do ‘homem mais honesto do País’” e sugere que o ex-presidente tenta transferir a responsabilidade por ilegalidades à ex-primeira-dama Marisa Letícia, morta em fevereiro. O ex-ministro diz ainda que Dilma destruiu programas sociais e a economia e afirma que o PT precisa fazer um acordo de leniência se quiser se reconstruir.

Quando era ministro da Fazenda de Lula, Palocci protagonizou episódio lamentável da casa de prostituição e distribuição de propinas em Brasília, caseiro Francenildo dos Santos Costa, que sofre até hoje conseqüências de seu gesto corajoso. Foi demitido por Lula, voltou para chefiar campanha de Dilma, chefiou Casa Civil e mais uma vez caiu por corrupção por causa de seu escritório. Preso pela Lava Jato responde pelos próprios crimes. E não pode atribuí-los a Lula. É um vocacionado para o crime como poucas pessoas. Fui a Araçatuba fazer uma palestra e a fama dele de milionário se espalha pelo interior de São Paulo como um barril de pólvoras. Não há mocinhos nesse faroeste. Lula se defende dizendo que Palocci está tentando obter perdão de pena o delatando. Inocente. Como se nunca tivesse delatado ninguém… Em seu livro Assassinato de reputações, o delegado Romeu Tuma Jr. Informou que Lula foi informante de seu pai e xará, quando este dirigiu o Dops. Ninguém jamais contestou. Logo Lula não está a cavaleiro para acusar de Palocci de delator e traidor.

Você esperava a esta altura do campeonato uma guerra de recibos na Lava Jato?

Primeiro, foi Marcelo Odebrecht trazendo recibos e e-mails à bala. Meu professor de jornalismo JB Lemos dizia que  corrupto não passa recibo. A empreita tinha tanta certeza da corrupção que organizou o Departamento da Propina, passava e guardou os recibos. De repente, Odebrecht descobriu os recibos? Qual o quê? Premido pelo depoimento de Palocci em busca de delação premiado, ele se viu obrigado a desencavar mais essa. E mais uma vez acabou com a lenda urbana de que não há provas contra Lula.

Aí, veio o advogadinho de Lula e do alto de sua arrognância apareceu com recibos de Glaucos Costamarques para dona Marisa, sempre dona Marisa Lula. Recibos nada valem. O que vale é a movimentação bancária: Dona Marisa morreu, mas os registros de sua movimentação bancária continuam arquivados no Banco Central. Por que a defesa de Lula não pediu a quebra de sigilo da ex-primeira dama para, aí sim, provar o pagamento dos aluguéis, que, aliás, o locatário negou. Aí, veio a piada pronta de Mauro Guimarães: volto da Bolívia dia 30 de fevereiro. E dos 26 recibos apresentados a Moro 3 são podres: 2 referem-se ao mesmo mês: junho de 2014. E duas datas foram inventadas: 31 de junho e 31 de novembro. Era piada pronta, virou piada tonta.

SONORA GARGALHADA RABUGENTO

Dr. Zanin disse que 2 em 26 são poucos. São nada. São tudo. Ninguém ofende São Gregório à toa. Lula é refém de seus advogados, que o afundam. Para ser condenado não precisa de procurador, nem de Power point. Basta o cérebro engraxado de brilhantinha do dr. Zanin Martins.

Por 3 a 2, a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira (26) afastar novamente o senador Aécio Neves (PSDB-MG) do exercício das funções parlamentares e colocá-lo em recolhimento noturno. Por que essa medida foi tomada:

O colegiado restaurou medidas cautelares que haviam sido determinadas pelo ministro Edson Fachin em maio, como a proibição do senador de se ausentar do País e de entrar em contato com qualquer outro investigado no conjunto de fatos revelados na delação da J&F.

A decisão não cassa o mandato de Aécio e, por isso, não retira o foro privilegiado nem a imunidade parlamentar do tucano.

Alvo da Operação Patmos em maio, Aécio Neves foi denunciado em junho pela Procuradoria-Geral da República (PGR) pelo crime de corrupção passiva e de embaraço a investigações. O senador é acusado formalmente de ter aceitado propina de  2 milhões de reais repassados pela J&F a um primo do senador e a um auxiliar parlamentar e de ter tentado obstruir investigações.

Fim da impunidade dos tucanos. Gilmar Mendes não estava para na segunda turma para socorrer Aécio e as ajudas de Alexandre de Moraes e do sempre presente Marco Aurélio Mello não lhe bastaram. Luiz Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux acabaram com essas antigas escritas de supremacia de perdão aos poderosos amigos no STF.

SONORA STF 2709 B BARROSO

A lenda de Aécio líder da oposição e opção ao PT está tendo um fim trágico que abala a saga dos Neves construída por seu avô, o dr. Tancredo, pai da Nova República e do É proibido gastar.

O Senado aprovou ontem um projeto que cria o Fundo Especial de Financiamento de Campanha, destinado a custear campanhas eleitorais. Quer dizer que não dá para manter nossos bolsinhos furados fora do alcance das garras das raposas parlamentares, é?

Isso mesmo! Em votação simbólica, a maioria dos senadores decidiu pela destinação de ao menos R$ 1,7 bilhão em recursos públicos para o processo eleitoral em 2018. A medida é vista como alternativa ao financiamento empresarial de campanha, proibido pelo Supremo Tribunal Federal.

O projeto deve ser votado pela Câmara dos Deputados ainda nesta quarta-feira, 27. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que a prioridade será concluir a votação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que acaba com as coligações em 2020 e cria uma cláusula de desempenho para os partidos.

Depois disso, os deputados devem discutir o projeto do fundo. Para Maia, a redução do valor destinado às campanhas tornou o projeto mais “palatável” porque o valor inicial, de R$ 3,6 bilhões, estava “muito fora da realidade”. Para que as novas regras tenham validade na próxima eleição, precisam ser aprovadas nas duas Casas antes de 7 de outubro.

Fundo é a pior excrescência das tentativas de golpe dos congressistas incriminados pela Lava Jato e dos partidos contaminados pela corrupção e desesperados pela busca de impunidade. Não importa o valor. O único valor aceitável é zero.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirmou que dará continuidade à denúncia contra o presidente Michel Temer caso a Câmara dos Deputados autorize que a acusação seja processada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Será que ela vai cumprir a promessa?

A denúncia foi elaborada pelo antecessor de Raquel, ex-procurador-geral Rodrigo Janot, dois dias antes de deixar o cargo. “Estaremos dependentes a seguir do prosseguimento ou não dessa denúncia. Darei a ela a continuidade, como mister do meu cargo”, disse Raquel Dodge.

SONORA DODGE 2709 A JBS

Bem, Dra. Dodge parece disposta a cumprir seu dever. Resta saber se ela não está fazendo um cálculo esperto. Afinal, qualquer brasileiro dotado de inteligência e com um mínimo de informação, sabe que dificilmente a Câmara autorizará o STF a investigar Temer. De qualquer maneira, será complicada a gestão dela se tentar enfrentar a corporação para enfrentar os padrinhos óbvios de sua indicação, Michel Temer e Gilmar Mendes.

E o que lhe dá a certeza de que Temer vencerá a batalha da segunda denúncia de Janot na Câmara?

A ordem que Temer deu à equipe econômica para abrir os cofres para garantir a aprovação do Refis, tal como planejou o deputado Newton Cardoso Júnior, santo do dia dos devedores inadimplentes do Poder Legislativo. Esta é, sem dúvida, a maior vergonha da história da democracia brasileira desde que o Estado foi criado pelo príncipe herdeiro de Portugal Pedro de Orleans e Bragança. Mas é de vergonha em vergonha que esse mesmo Estado vai se nutrindo. O direito que os políticos se atribuem ao devo, não nego, mas não pago nem quando puder, é a prova principal de que não é o Congresso que está na mão de Temer, mas este que está sob absoluto controle de seus antigos pares, com os quais se orgulha de se dar muito bem, quando na verdade é apenas o posto avançado no Poder Executivo para garantir seus privilégios, mordomias e vontades.

Recomendo a leitura do artigo do advogado Almir Pazianoto Pinto no Estadão. O voto deve ser livre e as legendas, incumbidas de arcar com as despesas da campanha. Síntese perfeita!

SONORA Paulinho da Viola Pecado Capital

https://www.youtube.com/watch?v=6aIzRH9ghMA –