Colarinho sujo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Colarinho sujo

É impossível combater violência do crime organizado e afrouxar combate à corrupção na gestão pública

José Nêumanne

21 Fevereiro 2018 | 13h27

Sem plano pronto, metas definidas nem despesas determinadas, soldados vasculham bairros pobres do Rio. Foto: Wilton Jr./Estadão

Como todas as iniciativas demagógicas adotadas para algum fim inconfessável e anunciadas como se tivessem por objetivo o interesse público, que dificilmente será alcançado, a intervenção federal sob chefia militar na segurança pública do Rio é, no popular, meia-boca.

(Este é o primeiro parágrafo de meu artigo Intervenção meia-boca publicado na página 2 (Opinião) do Estado de S. Paulo da quarta-feira 21 de fevereiro de 2018)

Para ler texto na íntegra clique aqui