Adeus, Muralha
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Adeus, Muralha

Goleiro Alex Muralha, zagueiro Rodrigo e áribtro Daronco foram personagens negativas da rodada do Brasileirão

José Nêumanne

27 Novembro 2017 | 18h33

Flamengo perdeu para o Santos na Ilha do Urubu, no Rio, por 2 a 1 em jogo no qual finalizou ao gol 25 vezes enquanto o adversário marcou em duas falhas fatais do goleiro Alex Muralha e teve uma bola na trave de outro ponto falho da defesa, o zagueiro Rafael Vaz, que quase marcou chutando na trave. Os dois são a prova de que os diretores do clube de maior torcida no Brasil entendem de capital e patrimônio, mas nada sabe de futebol. A insistência com o arqueiro, responsável ´pela eliminação na Libertadores e na primeira liga e a derrota na final da Copa do Brasil prova a burrice do técnico Reinaldo Rueda e a incapacidade teimosa do presidente Eduardo Bandeira. Esta foi a opinião que dei no programa Estadão Esporte Clube, transmitido em youtube do estúdio da Eldorado no meio da redação do Estadão, com as participações dos colegas César Sacheto, Robson Morelli e Gustavo Griza Lopes na segunda-feira 27 de janeiro de 2017, ao meio dia.

Para ouvir clique aqui no podcast