A volta dos que não foram
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A volta dos que não foram

Presidente da Câmara manda no Ministério das Cidades e presidiário Cunha na Secretaria do Governo de Temer

José Nêumanne

29 Novembro 2017 | 12h47

Com seu valet de chambre no poder no Planalto, Cunha voltou à cela onde mora Foto: Dida Sampaio/Estadão

O cara do Cunha assumirá o posto para evitar a derrota anunciada da reforma da Previdência. Quem o nomeará se esqueceu de que o Centrão pode derrotá-la, mas não tem força para participar de sua improvável vitória. Este jornal já informou que dois terços das aposentadorias não seriam afetadas pela nova versão da reforma. Nem isso, contudo, parece fácil de ser aprovado.

(Este é o último parágrafo de meu artigo publicado na Pag.2A do Estado de quarta-feira 29 de novembro de 2017 sob o título de Circo de horrores no Planalto Central)

Para lê-lo na íntegra clique aqui

Dando as cartas na Esplanada com seu indicado, Baldy, no Ministério das Cidades, Maia manda Foto André Dusek/Estadão