Esse tal de Mossad deve ser bom mesmo

Marcos Guterman

07 Dezembro 2010 | 00h27

As autoridades do Sinai acreditam que Israel esteja por trás do ataque de tubarão que matou uma turista alemã no balneário egípcio de Sharm el-Sheikh no domingo, relata o Jerusalem Post.

Para essas autoridades, o incidente pode ser parte de um complô do Mossad, o serviço secreto israelense, para causar danos ao turismo no Egito.

Mais conteúdo sobre:

Mossad