A Argentina, os judeus e o Estado palestino

Marcos Guterman

07 Dezembro 2010 | 00h01

A Argentina seguiu o Brasil e anunciou nesta segunda-feira seu reconhecimento a um Estado palestino “nas fronteiras de 1967”.

A curiosidade é que o anúncio coube a Héctor Timerman, o chanceler argentino, que é judeu.

Mais conteúdo sobre:

ArgentinaEstado palestino