1. Usuário
Assine o Estadão
assine
quinta-feira 24/04/14 11:41

Senado vai recorrer ao plenário do Supremo contra CPI exclusiva da Petrobrás

Em nota oficial, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), acaba de anunciar que vai recorrer ao plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) contra a liminar concedida pela ministra Rosa Weber que garantiu à oposição o direito de abrir uma CPI exclusiva para investigar irregularidades na Petrobrás. O governo e sua base aliada, que tem

Ler post
quinta-feira 03/04/14 09:59

Depois do quase rompimento, governo passa a depender do PMDB para conter CPI da Petrobrás

O governo federal passou os primeiros meses do ano brigando em praça pública com o PMDB, principal partido aliado dentro do Congresso. Os peemedebistas se queixavam – e muitos seguem reclamando – do tratamento ruim que recebiam do Palácio do Planalto, seja na liberação de emendas parlamentares, na ocupação de cargos ou na formação de

Ler post
terça-feira 01/04/14 16:53

Nova coordenação política do governo só vai funcionar se tiver poder de fogo para negociar

A presidente Dilma Rousseff deu hoje posse ao deputado federal como ministro das Relações Institucionais de seu governo. Na prática, caberá a ele fazer a ponte do Palácio do Planalto com o Congresso e garantir que a articulação política funcione. Parece simples, especialmente com a imensa base de apoio que Dilma possui. Só que a

Ler post
sexta-feira 28/03/14 12:38

Rumos da CPI vão depender da expectativa de poder de Dilma

Políticos são capazes de fazer tudo, menos cavar a própria sepultura. Essa lógica vai valer para se ter uma noção de quanto a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobrás vai poder avançar ou não nas suas investigações. A presidente Dilma Rousseff tem hoje uma base aliada que representa maioria absoluta no Congresso. A questão

Ler post
quinta-feira 27/03/14 09:47

Governo já considera CPI irreversível e quer tentar controlar seus rumos

O governo federal já considera irreversível o processo de instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dentro do Congresso para investigar irregularidades na Petrobrás. A avaliação é que a sucessão de operações nebulosas envolvendo a empresa tornou impossível impedir sua abertura. Por conta disso, o governo decidiu priorizar agora outro tipo de articulação política.

Ler post