1. Usuário
Assine o Estadão
assine
sexta-feira 04/04/14 14:40

Com prazo para desincompatibilização praticamente esgotado, Joaquim Barbosa não disputará eleição

Um dos movimentos mais importantes para a composição final do cenário de disputa presidencial está praticamente definido. Nessa sexta, termina o prazo para que o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, se desincompatibilize do posto se quiser concorrer a algum cargo eletivo. Segundo interlocutor próximo do ministro, ele decidiu que não vai concorrer a

Ler post
quinta-feira 27/03/14 09:47

Governo já considera CPI irreversível e quer tentar controlar seus rumos

O governo federal já considera irreversível o processo de instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dentro do Congresso para investigar irregularidades na Petrobrás. A avaliação é que a sucessão de operações nebulosas envolvendo a empresa tornou impossível impedir sua abertura. Por conta disso, o governo decidiu priorizar agora outro tipo de articulação política.

Ler post
segunda-feira 24/03/14 08:51

Depois do mensalão, crise da Petrobrás traz de volta tema da corrupção para a campanha eleitoral

Governo e oposição não precisaram fazer contas muito complexas para saber que o julgamento do processo do chamado mensalão! pelo Supremo Tribunal Federal, tinha um prazo de validade limitado. Os dois lados sabiam que os efeitos políticos causados pela condenação e prisão de pesos pesados do tamanho de José Dirceu, João Paulo Cunha, José Genoíno,

Ler post
quinta-feira 13/02/14 07:15

Cassação de Donadon acaba com o constrangimento de existir uma “bancada do presídio”

A cassação do agora ex-deputado federal Natan Donadon (RO) encerra um dos capítulos mais constrangedores do Congressso Nacional. Durante os últimos meses, os quadros da Câmara dos Deputados incluíram parlamentares condenados à cadeia pelo escândalo do Mensalão ou já até cumprindo pena, como Donadon, punido por conta do desvio de R$ 8 milhões da Assembleia

Ler post
sábado 08/02/14 08:08

Tucanos não esperavam pedido de pena tão alta para Azeredo

Depois da repercussão da condenação e prisão de importantes políticos petistas pelo escândalo do mensalão, dirigentes tucanos já previam que o procurador geral República, Rodrigo Janot, pediria punição ao Supremo Tribunal Federal (STF) para o deputado federal Eduardo Azeredo (PSDB-MG) pela participação no chamado mensalão mineiro. Embora confiem na inocência do ex-governador de Minas Gerais,

Ler post