Governador de Pernambuco encontra Lula para reaproximar PSB e governo federal

Governador de Pernambuco encontra Lula para reaproximar PSB e governo federal

Sucessor de Eduardo Campos no governo de Pernambuco, Paulo Câmara se encontrou hoje com Lula, em São Paulo, tentando aproximar seu partido, o PSB, do governo federal.

Marcelo de Moraes

05 Fevereiro 2015 | 18h01

 

O ex-presidente Lula recebeu em São Paulo o governador Paulo Câmara. Foto de Ricardo Stuckert/Instituto Lula

O ex-presidente Lula recebeu em São Paulo o governador Paulo Câmara. Foto de Ricardo Stuckert/Instituto Lula

 

Afastado do governo federal desde que o falecido ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos decidiu concorrer à Presidência, o PSB já reconstrói pontes de aproximação com o Palácio do Planalto. Depois de o senador Fernando Bezerra (PSB-PE) defendeu a retomada do diálogo, hoje foi a vez do atual governador de Pernambuco, Paulo Câmara, um dos herdeiros políticos de Campos, dar um importante passo na direção do entendimento.

Câmara almoçou com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em São Paulo, e os dois conversaram sobre o assunto. Para o PSB, que ficou sem perspectivas nacionais depois da morte de Campos e da iminente desfiliação de Marina Silva, o movimento abriria possibilidades de fortalecimento político. Para o governo, que anda às turras com sua base, o reforço da legenda poderia garantir maior estabilidade dentro do Congresso.

A ideia é que Lula funcione como uma espécie de embaixador com a presidente Dilma Rousseff nessa discussão. Ainda não existe previsão para um acerto, mas as conversas vêm avançando significativamente.