1. Usuário
Assine o Estadão
assine
quinta-feira 20/11/14 23:58

Dilma perde o timing

Os desdobramentos do escândalo do Petrolão levam o governo a se preparar para uma crise com potencial de estrago ainda maior que a do mensalão. Parlamentares, entre os quais políticos da base aliada, como petistas e peemedebistas, executivos de empreiteiras e integrantes da estatal não devem escapar das denúncias de desvios. Não há como a

Ler post
sábado 31/05/14 05:05

‘Trajetória controvertida’

O ex-ministro da Justiça Marcio Thomaz Bastos diz considerar a passagem de Joaquim Barbosa pelo Supremo Tribunal Federal (STF) “controvertida”. “Foi uma trajetória controvertida”, declarou o ex-ministro. “Houve coisas com as quais concordei e outras das quais discordei”, completou. O presidente do STF anunciou na quinta-feira que irá se aposentar. Joaquim Barbosa entrou em embates

Ler post
quarta-feira 30/04/14 05:37

Esforço concentrado

Texto publicado ontem, no Estadão Noite Após uma série de notícias ruins no front petista, inclusive a divulgação da pesquisa CNT (Confederação Nacional dos Transportes) desta terça-feira, que mostra queda de 6,7 pontos porcentuais na intenção de voto da presidente Dilma Rousseff, a direção do PT prepara o contra-ataque. Os petistas acreditam que aparições da

Ler post
quinta-feira 23/05/13 18:04

Barroso elogiou Lula e STF em processo de Battisti

Em 2010, quando o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva negou a extradição para a Itália do ex-integrante de organizações de extrema esquerda Cesare Battisti, o seu defensor Luís Roberto Barroso divulgou uma nota na qual elogiou a Corte e disse que, com o petista, o Brasil “manteve sua tradição humanista”. Barroso foi indicado

Ler post
terça-feira 14/05/13 19:19

Tucano rebate Lula e diz que PT não convive com contraditório

O presidente do PSDB paulista, deputado Duarte Nogueira, divulgou uma nota hoje na qual rebate as declarações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, para quem não existe político “irretocável“. “O ex-presidente disse que ‘político ético, de comportamento irretocável, não existe’. Por esta afirmação, relembro Mario Covas (‘asseguro, sem vacilação, que é possível conciliar política

Ler post