As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

PSB se reúne para discutir aliança em São Paulo

Julia Duailibi

23 Maio 2012 | 15h55

A Executiva municipal do PSB pretende se reunir na sexta-feira para discutir a situação do partido na eleição de São Paulo. Será colocada na mesa a questão da candidatura própria. A direção nacional da legenda, liderada pelo governador Eduardo Campos (PE), pretende apoiar o PT, de Fernando Haddad, mas a ala paulistana do PSB, alinhada ao prefeito Gilberto Kassab (PSD), tenta agora evitar a aliança. Um caminho seria uma candidatura própria ou apoiar uma terceira via, já que coligação com o PSDB, de José Serra, aliado de Kassab, já está descartada.

Segundo estimativas de pessebistas, o presidente municipal da sigla, vereador Eliseu Gabriel, teria 42 dos 45 votos da executiva do PSB paulistano, caso coloque a questão da candidatura própria em votação. Restaria, então, ao diretório nacional intervir em São Paulo, caso insistisse no apoio a Haddad.

Ninguém, no entanto, acredita que a divergência chegará a esse ponto. Campos estaria esperando ação do PT em Recife a favor do seu pré-candidato, Maurício Rands (PT). Se isso ocorrer, fica muito difícil evitar a coligação com Haddad. E os pessebistas paulistanos admitem disso.

 

Atualizado às 15:30

A reunião do PSB foi remarcada para a próxima segunda-feira, dia 28.