1. Usuário
Assine o Estadão
assine

“Politizar” a campanha

Julia Duailibi

19 setembro 2012 | 06:00

Uma crise se instaurou na campanha de Fernando Haddad (PT), com setores do PT cobrando mudança na estratégia da candidatura. A avaliação é a de que seria necessário “politizar” mais a campanha na tentativa de atrair o eleitor petista que está flertando com o candidato do PRB, Celso Russomanno.

Os petistas acham que o desempenho de Russomanno  impede o crescimento de Haddad no eleitorado que avalia bem os governos de Dilma Rousseff e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Cobram, assim, uma posição mais clara da campanha para falar com esse eleitor.