1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

JULIA DUAILIBI é jornalista, trabalhou nas redações de Veja, Folha de S. Paulo e Estadão, em Brasília e em São Paulo.
domingo 31/08/14 22:48

Comparar Marina a Collor é sinal de desespero

O crescimento nas pesquisas de intenção de voto da candidata do PSB, Marina Silva, fez aumentar nos QGs tucano e petista a comparação da ex-senadora com o ex-presidente Fernando Collor. Está cada vez mais comum, em conversas com integrantes das campanhas, ouvir que Marina “é um salto no escuro” ou que “na última vez que o Brasil elegeu um presidente que criticava a política, deu no que deu”. Os interlocutores citam nominalmente Collor e falam que uma eventual vitória da candidata ...

Ler post
quinta-feira 28/08/14 12:32

Morre Tutu Quadros, filha única de Jânio Quadros

Foto: Monica Zaratini/Estadão - 05.02.1992

Morreu hoje em Los Angeles, nos Estados Unidos, Dirce Maria do Valle Quadros, conhecida como Tutu Quadros, filha única do presidente Jânio Quadros (janeiro de 1961 a agosto de 1961) com Eloá do Valle Quadros. Tutu tinha 70 anos e morreu na madrugada de hoje em decorrência de um enfisema pulmonar. Bióloga de formação, Tutu também teve uma carreira política. Foi deputada constituinte pelo PSC. Atuou na fundação do PSDB e candidatou-se a deputada federal pelo PMDB em 1990, mas não ...

Ler post
quinta-feira 28/08/14 12:13

Ataques calculados

A pesquisa Ibope divulgada ontem, que coloca Marina Silva (PSB) na frente de Dilma Rousseff (PT) no segundo turno da disputa presidencial, tornou a ex-ministra do Meio Ambiente o maior alvo da eleição de 2014. Numa leitura mais imediata, Aécio Neves (PSDB) e Dilma partiriam para o ataque, sem dó nem pena, contra a adversária. Mas não é bem assim. A operação de “desconstrução” de Marina tem custos, e as duas campanhas adversárias trabalham agora com certa cautela no manuseio ...

Ler post
sexta-feira 22/08/14 14:48

Kassab fala do “novo” em ataque velado a Serra

A propaganda eleitoral do ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD) na disputa para o Senado atinge o calcanhar de Aquiles do também candidato a senador  José Serra (PSDB). Pesquisas contratadas pelo PSDB antes da campanha eleitoral mostravam que uma eventual fragilidade de Serra, que aparece em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto tecnicamente empatado com o senador Eduardo Suplicy (PT), seria o surgimento de um candidato que se apresentasse como uma novidade eleitoral.

“São Paulo quer novidade, para fazer diferente, um cara que trabalha assim como a gente”, diz o jingle da campanha de Kassab. “Eu quero ser o novo senador de São Paulo”, diz o ex-prefeito em um dos comerciais na TV. Em outro comercial, ele diz: “Não sei os meus adversários, mas eu estou com muita vontade de ser senador, o novo senador de São Paulo”. Em 2012, Serra foi derrotado na disputa pela Prefeitura de São Paulo pelo petista Fernando Haddad que se apresentava como “um homem novo”, com o slogan “Pense Novo”.

Numa eleição em que o discurso da mudança está em pauta, o eleitor estaria disposto a dar seu voto para alguém que trouxesse a mensagem da renovação. De acordo com aliados, esse teria sido um dos fatores que levaram Serra a ficar na dúvida entre a disputa para o Senado e a Câmara dos Deputados. No começo do ano, avaliava-se que entre os candidatos na corrida pela vaga de senador estava Gabriel Chalita (PMDB), que provavelmente usaria a mensagem da novidade.

Aliados, Serra e Kassab se encontraram no apartamento do ex-prefeito para discutir o assunto logo que Kassab anunciou a decisão de concorrer, no final de junho. Houve certo desconforto porque a avaliação era a de que Kassab avançava em cima dos votos azuis, ou seja, no eleitorado tucano. Ainda assim alguns integrantes do PSDB especularam que a campanha de Kassab não seria para valer. Mas o fato é que o ex-prefeito está em campanha, focado no fortalecimento do número 55 e com a intenção de ampliar a bancada de deputados federais.

O senador Eduardo Suplicy corre por fora tentando fazer com que o desgaste do PT com o eleitor paulista não atinja sua campanha. Suplicy usa o slogan “esse cara é do bem” – em 2004, na disputa pela Prefeitura de São Paulo contra Marta Suplicy (PT), Serra usou o slogan “Serra é do bem”. Suplicy também usa a hashtag #honestamenteomelhor.

 

Ler post
terça-feira 19/08/14 21:00

Na TV, Dilma e Aécio disputam bandeira da mudança; ele fala de Deus, ela de Lula

Publicado no Estadão Noite. Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) estrearam hoje na propaganda eleitoral no rádio e na TV buscando um “lastro” para suas propostas. Em seu programa de mais de onze minutos, exibido no começo da tarde na televisão, Dilma colou sua gestão na de Lula e apresentou um depoimento no qual o ex-presidente defende a sua reeleição. “Por isso, quero falar a você que está em dúvida se deve votar ou não na Dilma: vote sem nenhum ...

Ler post
segunda-feira 18/08/14 12:00

‘Joint venture’ tucano-petista aposta no discurso do medo contra Marina

Petistas e tucanos usarão o discurso do medo para tentar enfraquecer a ex-senadora Marina Silva, que será oficializada candidata do PSB à Presidência da República na próxima quarta-feira. Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira mostra que a sucessora de Eduardo Campos na disputa presidencial pode tirar Aécio Neves (PSDB) do segundo turno e aparece mais bem posicionada para vencer Dilma Rousseff (PT) - ela está numericamente à frente da presidente com 47% contra 43% das intenções de voto. Tudo bem que ...

Ler post
quinta-feira 14/08/14 00:06

Sem Campos, Rede e PSB terão de se entender

A morte do presidenciável Eduardo Campos (PSB) tira dos bastidores e coloca em primeiro plano a conflituosa relação entre o PSB e a Rede, de Marina Silva. PSB e Rede coexistiam num equilíbrio frágil dentro da mesma coligação graças a Campos. Político habilidoso que buscava a convergência, o presidenciável atuou muitas vezes como bombeiro dessa relação, apaziguando conflitos envolvendo a vice e seu partido - e em alguns casos a vice e potenciais aliados. Foi o que fez na montagem dos palanques ...

Ler post
quarta-feira 13/08/14 06:15

A saída pela tangente

Pode ser impressão, mas não me lembro de ter acompanhado outra eleição presidencial em que os candidatos se esquivavam tanto de responder a perguntas objetivas, alegando não possuir os dados do governo federal para fazer maiores comentários. Anteontem, durante sabatina do Jornal Nacional, o presidenciável do PSDB, Aécio Neves, afirmou que o governo terá de promover um realinhamento dos preços represados, mas não quis dar mais informações. “Só quando eu tiver os dados sobre a realidade do governo.” Não foi a primeira ...

Ler post
terça-feira 12/08/14 12:01

Dilma e Aécio buscam imagens para a TV

Os presidenciáveis Dilma Rousseff (PT) e  Aécio Neves (PSDB) abriram espaço nas agendas no Estado de São Paulo, onde tem se concentrado o corpo a corpo eleitoral, para visitar cidades do Nordeste, falar de projetos de agricultura local e aproveitar para captar imagens para seus programas no horário eleitoral, que estreia no próximo dia 19. O tucano  pretende ir à região de Juazeiro (BA) e Petrolina (PE) para visitar projetos de agricultura irrigada. A idéia será mostrar a dificuldade que produtores ...

Ler post