1. Usuário
Assine o Estadão
assine
sexta-feira 13/03/15 16:10

Economia, o limite da trégua

Foto Gabriel Azevedo Ribeiro

É claro o movimento do  Legislativo, abrangendo quase todo o espectro partidário, para desqualificar os inquéritos abertos a pedido da Procuradoria Geral da República contra parlamentares cujos nomes apareceram nas investigações da operação Lava Jato, por citações em depoimentos feitos sob  o regime da delação premiada. A alegada inconsistência de muitos desses pedidos de inquérito,

Ler post
quinta-feira 06/11/14 14:45

O monopólio do sigilo

Mais que compreensível, é sensato submeter as investigações em curso sobre a Petrobras ao segredo de justiça, em favor de sua integridade, evitando a ação preventiva de envolvidos nas denúncias, que levam habitualmente à obstrução da justiça em detrimento do interesse público. Trata-se de um sigilo temporário que termina junto com as apurações finais necessárias

Ler post
quinta-feira 12/06/14 16:00

Justiça devolve seriedade à investigação na Petrobrás

A prisão de Paulo Roberto Costa, um dia após depor na CPI Mista da Petrobrás, confirma que a ação investigativa conduzida pelo juiz Sérgio Moro, do Paraná, mantém-se como polo de onde podem surgir os esclarecimentos que o governo se empenha em evitar. A justificativa para a prisão, inicialmente baseada na obstrução da justiça e

Ler post
quarta-feira 23/04/14 15:39

Vargas só dá ao PT a opção de expulsá-lo

A novela em que se transformou a questão envolvendo a cassação ou renúncia do deputado André Vargas (PT-PR), ex-vice-presidente da Câmara, é uma sangria que corre ao mesmo tempo de outro enredo desgastante para o governo, o da CPI da Petrobrás. Vargas desafia abertamente seu partido, que hesita em expulsá-lo, mas protela seu julgamento no

Ler post
terça-feira 22/04/14 10:16

Petrobrás, de ontem e de hoje, perdida em versões conflitantes

O longo feriado com o qual o governo esperava esfriar o debate em torno da CPI da Petrobrás, terminou sem que o tema saísse da pauta. E, mais uma vez, à revelia da oposição, que continua se beneficiando da guerra de versões dentro do próprio ambiente oficial. A entrevista do ex-presidente da empresa, Sérgio Gabrielli,

Ler post
quinta-feira 17/04/14 11:36

Foster e Cerveró mantêm suspeitas sobre a Petrobrás

Somados, os depoimentos do ex-diretor da Petrobrás, Nestor Cerveró, e o da presidente da empresa, Graça Foster, mantêm a contradição essencial que permeia a crise gerada pela compra da refinaria de Pasadena. Graça confirmou a versão presidencial de que a sonegação  de cláusulas estratégicas levaram à aprovação pelo Conselho do que ela considerou “um inquestionável

Ler post
terça-feira 15/04/14 17:21

Foster adota versão de Dilma para Pasadena e deixa mal antecessores

Enquanto a movimentação dos candidatos de oposição segue o roteiro previsto, no âmbito da candidatura oficial o crescimento da inflação e o escândalo da Petrobrás fogem ao controle do governo. Como já foi dito nesse espaço, a CPI se impõe como opção investigativa legítima, tais os pontos obscuros do episódio e a condição de sigilo

Ler post
segunda-feira 14/04/14 15:14

No índice máximo de risco

Não é boa a situação da presidente Dilma Rousseff com vistas à reeleição, ainda que no mapa das pesquisas , tecnicamente, se mantenha como a candidata com a chance mais clara de vitória. Segundo o diretor do instituto Datafolha, Mauro Paulino, em entrevista à revista Veja,  historicamente o índice mínimo de êxito de candidatos à

Ler post
sexta-feira 11/04/14 15:03

Desgaste progressivo

A CPI da Petrobrás, mesmo se não instalada, ou instalada na forma ampliada com que o PT tenta inviabilizá-la, é fator de desgaste para o governo pelos efeitos colaterais que sua discussão produz. Além do ônus de rejeitá-la, numa guerra diária que expõe o temor pelo que possa revelar, o governo é depositário dos efeitos 

Ler post
terça-feira 08/04/14 18:10

“Unhas e dentes” em causa própria

Ao dar a palavra de ordem de defender “com unhas e dentes” a Petrobras, o ex-presidente Lula acusa o golpe que os escândalos envolvendo a empresa representam para a candidatura da presidente Dilma Rousseff, mas também defende seu legado. Foi em seu governo que se desenvolveram as operações comerciais da Petrobras que hoje minam a

Ler post