1. Usuário
Assine o Estadão
assine


PDT consulta TSE sobre palanques duplos

João Bosco Rabello

15 dezembro 2013 | 14:36

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deverá decidir sobre palanques duplos a pedido do PDT. O partido espera resposta para consulta feita em junho sobre coligações eleitorais. Pedetistas argumentam que o tribunal tem baixado resoluções mantendo na prática parte da regra da verticalização, contrariando decisão do Congresso, que derrubou a norma em 2006.

Na avaliação de advogados da legenda, se for mantida linha de raciocínio das últimas resoluções do tribunal sobre coligações, o partido poderá ser obrigado a reproduzir a aliança nacional na formação de chapas para eleição de governadores e deputados.

A consulta, com seis perguntas, deverá orientar na definição dos palanques do PDT nos estados e sua relação com a eleição para a Presidência da República. O partido está divido sobre quem irá apoiar na eleição presidencial.

O líder pedetista na Câmara, André Figueiredo (CE), diz que a maioria dos diretórios está inclinada a participar da campanha à reeleição da presidente Dilma Rousseff.

Mas existem dissidências, como no Rio Grande do Sul, onde o deputado Vieira da Cunha, que deseja ser candidato a governador, defende apoiar o presidenciável do PSB, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos.

A resposta do TSE também poderá influir nas conversas entre Campos e o presidente do PSDB, Aécio Neves (MG), sobre palanques duplos.