1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

JOÃO BOSCO RABELLO está no jornalismo político desde 1977, em Brasília, onde participou da cobertura do período que vai da abertura do regime militar à Assembléia Nacional Constituinte de 88, passando pela redemocratização, com a eleição e morte de Tancredo Neves, o primeiro governo civil, de José Sarney e os que o sucederam. Iniciou sua carreira em 1974, no extinto Diário de Notícias, no Rio de Janeiro (RJ). Transferiu-se para Brasília (DF), em 1977, onde alternou as funções de repórter político,coordenador, editor e diretor de sucursal, no Correio Braziliense, Empresa Brasileira de Notícias, O Globo, Jornal do Brasil e o Estado de S.Paulo (1990/2013), nessa ordem. É responsável também pelo conteúdo de análise política do serviço em tempo real Broadcast, da Agência Estado.
sábado 31/03/12 17:21

PT mira cidades grandes, mas pode recuar nas capitais

jose guimaraes_div_600

A cúpula do PT orientou seus diretórios a garantir a cabeça de chapa, nas eleições de outubro, em pelo menos 100 municípios com mais de 150 mil habitantes, a fim de aprofundar sua participação nas médias e grandes cidades brasileiras. No entanto, as disputas internas estão levando o partido a perder espaço nas capitais, na atual fase de escolha das candidaturas e formação das chapas. O vice-presidente do PT José Guimarães (CE) afirmou, em entrevista ao blog, que o se o ...

Ler post
terça-feira 27/03/12 20:10

Zimmermann, de Minas e Energia, já se filiou ao PMDB

O secretário executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann – segundo na hierarquia da pasta -, já assinou a ficha de filiação ao PMDB. O documento chegou, assinado, à mesa do presidente nacional da legenda, senador Valdir Raupp (RO), na última quinta-feira (22), como resultado de uma operação orquestrada a quatro mãos com o Palácio do Planalto. A filiação de Zimmermann é o primeiro passo da estratégia desenhada pela presidente Dilma Rousseff para transformar o ministro Edison Lobão (PMDB) ...

Ler post
domingo 25/03/12 17:40

Agenda de Padilha sugere pré-campanha em São Paulo

O ritmo frenético de viagens do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, tem despertado ciúmes na Esplanada. Em todos os finais de semana deste mês, Padilha visitou municípios do interior de São Paulo. Em fevereiro, cumpriu agenda com o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. Segundo fontes petistas, incomodado com a desenvoltura de Padilha, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, teria pedido a intervenção da presidente Dilma Rousseff para que o colega de Esplanada reduzisse as agendas no interior paulista. Padilha e ...

Ler post
domingo 18/03/12 14:04

PSDB e DEM apresentam peças idênticas contra o PSD

serra_mooca_18042012_jb neto_600

O PSDB e o DEM apresentaram peças de defesa idênticas contra o PSD na ação em que a sigla do prefeito Gilberto Kassab reivindica uma parcela maior do Fundo Partidário junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A sintonia fina entre tucanos e democratas na corte eleitoral deve servir de alerta ao PSD, sigla do prefeito Gilberto Kassab, que disputa com o DEM a vaga de vice de José Serra, em eventual chapa liderada por ele à Prefeitura de São Paulo.

Serra já afirmou a interlocutores que a escolha do candidato a vice depende da decisão do TSE sobre a participação do PSD no Fundo Partidário. Essa mesma decisão valerá para o tempo de propaganda no horário eleitoral gratuito.

 

 

A identidade das peças do PSDB e DEM na corte eleitoral não é mera coincidência. Mostra que as duas siglas agem como parceiras no TSE, a fim de liquidar os interesses do PSD, que busca garantir uma fatia maior dos recursos do Fundo Partidário – fixados em R$ 286 milhões neste ano – e do tempo de propaganda eleitoral.

Kassab está tão confiante de que indicará o vice de Serra que já selecionou cinco secretários municipais e pediu-lhes que coloquem os cargos à disposição, a fim de oferecer seus nomes ao tucano. Contudo, sem os minutos garantidos no horário eleitoral gratuito, o PSD perde a chance de indicar o vice na eventual chapa encabeçada por Serra, abrindo caminho para o DEM.

“Legendas partidárias que ainda não participaram de eleições gerais para a Câmara dos Deputados não fazem jus ao rateio dos 95% dos recursos do Fundo Partidário”, alegam DEM e PSDB – com as mesmas palavras – na petição protocolada no TSE.

As defesas de tucanos e democratas contra o PSD são idênticas do começo ao fim, inclusive os precedentes jurídicos invocados para justificar os argumentos. Até mesmo os trechos sublinhados e em negrito são coincidentes!

Para fazer jus a uma fatia maior do bolo, o PSD alega que tem a quarta maior bancada da Câmara (52 deputados) e, como tal, tem direito à divisão do fundo e ao “direito de antena” na mesma proporção que as maiores bancadas (PT, PMDB e PSDB).

Ler post
domingo 18/03/12 13:11

Inquérito sobre morte de Marcelo Dino aponta negligência de hospital

O inquérito da Polícia Civil que apura as circunstâncias da morte de Marcelo Dino, filho do presidente da Embratur, Flávio Dino, no hospital Santa Lúcia, de Brasília, caminha para a conclusão de que houve negligência da casa de saúde. Marcelo, que  hoje faria aniversário de 14 anos,  morreu há um mês na UTI do hospital, onde fora internado com uma crise de asma. Os depoimentos prestados à polícia pelos profissionais envolvidos no atendimento ao adolescente já permitem, segundo advogados da família, concluir ...

Ler post
quarta-feira 14/03/12 20:10

Lula dá apoio a Eduardo Braga por telefone

O senador Eduardo Braga (PMDB-AM) estreou no comando da liderança do governo recebendo afagos do ex-presidente Lula, que lhe telefonou hoje pela manhã. Amigos de longa data, Lula lhe desejou “boa sorte”, numa demonstração de que a presidente Dilma Rousseff não agiu sozinha na manobra de substituição dos líderes e Braga conta, também, com o apoio do ex-presidente. “Foi uma conversa de roucos”, brincou Braga. Lula segue quase afônico, por causa do tumor na laringe e da recente pneumonia. Braga assumiu ...

Ler post
sábado 10/03/12 23:03

Florence foi vítima de fogo amigo do PT

O ministro Afonso Florence, demitido da pasta do Desenvolvimento Agrário, foi vítima de fogo amigo do PT. Desde o início do ano, sua cadeira era alvo da bancada da Câmara, que se ressente de não ter um representante de peso na Esplanada. Essa insatisfação só aumentou com a destituição do ex-líder da bancada Luiz Sérgio (RJ) do Ministério da Pesca para acomodar o PRB. Deputado federal em ...

Ler post
quarta-feira 07/03/12 19:33

PMDB do Senado derruba indicado de Dilma para ANTT

O PMDB do Senado mostrou hoje que também não está satisfeito com o Planalto. O voto dos senadores peemedebistas foi decisivo para a primeira grande derrota do governo Dilma Rousseff no Senado – a não recondução de Bernardo Figueiredo ao cargo de diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Figueiredo era homem de confiança de Dilma para conduzir o projeto do trem-bala que ligará São Paulo, Campinas e Rio ...

Ler post