Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Politica » Veja as imagens dos bens de Lula guardados em depósito pela OAS

Política

Veja as imagens dos bens de Lula guardados em depósito pela OAS

Politica

LULA

Veja as imagens dos bens de Lula guardados em depósito pela OAS

Empreiteira gastou R$ 1,3 milhão para guardar bens do ex-presidente por cinco anos depois que ele deixou a Presidência da República

0

Andreza Matais e Mateus Coutinho

04 Março 2016 | 15h23

galpaooas

Atualizada às 19h22

A empreiteira OAS pagou durante cinco anos pelo aluguel de dez guarda-móveis usados para armazenar parte da mudança do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva quando ele deixou o Palácio do Planalto no segundo mandato. No período, a empreiteira teria desembolsado cerca de R$ 1,3 milhão pelos contêineres, ao custo mensal de R$ 21,5 mil.

[veja_tambem]

As conclusões dão as investigações da força-tarefa da Lava Jato que embasaram a deflagrar a 23ª fase da operação, nesta sexta-feira 4. O juiz Moro autorizou buscas no local.

CONFIRA ABAIXO OS OBJETOS ENCONTRADOS NO DEPÓSITO:

galpaooas6 galpaooas5 galpaooas4 galpaooas3 galpaooas2 galpaooas1

 

COM A PALAVRA, A OAS:

A empreiteira informou que não iria comentar a operação desta sexta-feira

COM A PALAVRA, A GRANERO:

NOTAGRANERO

Nota à Imprensa

GRANERO TRANSPORTES LTDA. vem à público informar o que segue:

Em dezembro de 2010, a unidade franqueada da GRANERO – TRÊS PODERES – foi vencedora da concorrência pública n. 111/2010 para o serviço de transporte de parte da mudança do ex-presidente LULA, no percurso Brasília – São Paulo, pelo valor de R$ 22.722,00, envolvendo quatro caminhões.

No dia 06.01.11, os itens de vestuário do ex-presidente LULA foram entregues na Avenida Prestes Maia, 1501, apto. 100, em São Bernardo do Campo/SP.

Em relação à adega e ao acervo audiovisual, foi assinado contrato com o INSTITUTO LULA, no valor mensal de R$ 4.726,21, para que ficassem armazenados na GRANERO.

No dia 13.06.12, a adega do ex-presidente foi entregue em um sítio localizado na região de Atibaia/SP.

O acervo audiovisual permanece armazenado com a GRANERO.

Em janeiro de 2011, o acervo museológico do ex-presidente, correspondente a dez contêineres, foi entregue por outra transportadora à GRANERO para armazenagem.

O Sr. Paulo Okamotto informou que a armazenagem do acervo museológico seria feita por um curto período de tempo e contratada pela apoiadora do INSTITUTO LULA, a empresa OAS.

Para isso, foi firmado contrato com a OAS, no valor de R$ 21.536,84 mensais, que perdurou por cinco anos.

Nos dias 18 e 19.01.16, o acervo museológico do ex-presidente foi retirado do armazém da GRANERO por transportadora contratada pelo Sr. Paulo Okamotto.

A GRANERO, há quase 50 anos, atua em todo o Brasil, de forma ética e transparente, atendendo cerca de 20 mil famílias por ano. Além disso, a empresa tem colaborado com a Justiça, prestando todos os esclarecimentos necessários às autoridades.

Att,

Roberto Granero – Presidente

 

Contato à Imprensa:

Gisele Araújo
gisele@ralcoh.com.br
(11) 9.9645-9765

Rosana Iurillo
rosana@ralcoh.com.br
(11) 9.99758973

Ralcoh Comunicação
Av. Paulista 2494 – conj. 104
01310-300 – São Paulo – SP
(11) 3257.4741 ramal. 16
www.ralcoh.com.br

 

 

Mais conteúdo sobre:

Comentários