1. Usuário
Fausto Macedo
Assine o Estadão
assine
Fausto Macedo

Fausto Macedo

Repórter

EM ALTA

João Santana

Veja a íntegra da decisão de Moro que manda prender João Santana

Por Redação

22/02/2016, 13h11

   

Juiz da Lava Jato determinou que marqueteiro responsável pela campanha à reeleição de Dilma Rousseff fique preso temporariamente, confira

10/09/2010 DEBATE A PRESIDENCIA.FOTO.CLAUDIO GATTI

10/09/2010 DEBATE A PRESIDENCIA.FOTO.CLAUDIO GATTI

A Polícia Federal deflagrou nesta segunda-feira, 22, a 23ª etapa da Operação Lava Jato, que tem como alvo principal o marqueteiro que trabalhou nas campanhas de Lula e Dilma Rousseff, João Santana. Ao todo, a Polícia Federal cumpre 51 mandados judiciais, sendo dois de prisão preventiva e seis de prisões temporárias

Santana e sua esposa tiveram as prisões temporárias – que têm prazo de cinco dias e podem ser prorrogadas – decretadas pelo juiz Sérgio Moro, mas como estão na República Dominicana, onde o marqueteiro trabalha na campanha a reeleição do presidente do país, ainda não foram detidos. O advogado de João Santana informou que eles já marcaram o voo de volta para o Brasil e vão se apresentar às autoridades. Confira abaixo a íntegra da decisão de Moro e os detalhes que levaram o juiz a determinar a prisão:

 

 

 

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.