Testemunha revela compra de barco com dinheiro vivo por mulher de ex-secretário de Cabral

Testemunha revela compra de barco com dinheiro vivo por mulher de ex-secretário de Cabral

Fundador da Flex Boat Construções Náuticas depõe a Sérgio Moro, juiz da Lava Jato, e conta que Mônica Carvalho, mulher de Wilson Carlos - ex-secretário de Governo do Rio - fez aquisição mediante 29 depósitos 'em espécie'

Luiz Vassallo e Julia Affonso

20 Março 2017 | 18h03

Depoimento de Jaime José Alves Filho

Depoimento de Jaime José Alves Filho

Sócios da empresa Flex Boat Construções Náuticas confirmaram, nesta segunda-feira, 20, em depoimento ao juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato em primeira instância, que Mônica Carvalho, mulher do ex-secretário do Governo do Rio Wilson Carlos, comprou um barco mediante 29 depósitos em espécie. Os executivos alegaram não ser comum essa forma de transação para a compra de embarcações.

O fundador da Flex Boat Construções Náuticas Jaime José Alves Filho relatou que a esposa de Wilson Carlos, que é apontado por delatores como o ‘operador administrativo’ de Sérgio Cabral, adquiriu um barco em 2013, durante um evento do qual a empresa participa. “Nós recebemos durante o Rio Boat Show de abril de 2013 a visita da sra Mônica Carvalho, que se interessou pelo barco. Esse barco estava em nossa fábrica em Atibaia (SP), era zero quilômetro, mas era um barco de estoque”.

O empresário relatou que o contrato foi fechado aproximadamente um mês depois, no dia 13 de maio. Respondendo pergunta de Moro, o empresário explicou que o barco foi pago em ‘vários depósitos fracionados’. “Só somando tudo para chegar à importância que faltava, e isso não é um procedimento muito comum”, afirmou.


O gerente administrativo-financeiro da Flexboat Giovanni Murro Júnior confirmou a compra de Mônica mediante 29 depósitos de dinheiro em espécie.“Como financeiro, eu acompanhei as entradas dos depósitos”, lembrou.

“Em nenhum momento nós falamos para fazer depósitos fracionados. Nós estávamos apenas aguardando o valor total da embarcação.”, explicou.

O ex-secretário de governo do Rio Wilson Carlos gastou R$ 1.646.526,95 no cartão de crédito entre 2007 e 2015, segundo relatório do Ministério Público Federal com dados da Receita Federal. Se somados R$ 459.266,20 das despesas da mulher de Wilson Carlos, o valor vai a R$ 2.105.793,15.

0 Comentários