1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Serra falta a depoimento no inquérito do cartel

Mateus Coutinho

13 março 2014 | 16:18

Arrolado como testemunha, ex-governador foi notificado para depor nesta quinta; defesa alega que não teve acesso aos autos

por Fausto Macedo

O ex-governador José Serra (PSDB) não compareceu na tarde desta quinta-feira 13, para depor como testemunha no inquérito civil do Ministério Público Estadual que investiga a compra de 320 carros da CPTM em 2008. Os advogados de Serra argumentaram que ainda não tiveram acesso aos autos e que Serra não foi notificado a tempo para comparecer ao Ministério Público.

O promotor Cesar Dario Mariano, que conduz o inquérito civil, ressaltou que “não está investigando” o ex-governador. “Serra é testemunha no inquérito”, disse o promotor.

O inquérito de Mariano é uma das investigações do MP sobre o suposto cartel de multinacionais do setor metroferroviárioque teria atuado em São Paulo, entre 1998 e 2008, nos governos Mário Covas, José Serra e Geraldo Alckmin, todos do PSDB.

Defesa de ex-governador afirmou que ele não foi informado a tempo de comparecer. Foto: Evelson de Freitas/Estadão

A compra dos 320 carros da CPTM é alvo das investigações da promotoria porque um executivo da multinacional alemã Siemens declarou à PF que foi pressionado pelo Governo Serra para que a empresa não recorresse à Justiça contra a contratação da CAF, que venceu o certame com o preço 15% menor em relação ao oferecido pela Siemens.

O promotor informou que vai notificar novamente o ex-governador para depor como testemunha.