Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Política

Politica » Promotoria diz ter provas contra Lula de ocultação de patrimônio

Política

Politica

LULA

Promotoria diz ter provas contra Lula de ocultação de patrimônio

Ministério Público de São Paulo deverá denunciar ex-presidente por triplex no Guarujá da Bancoop/OAS

0

beatriz bulla, de brasília

23 Janeiro 2016 | 18h36

O ex-presidente Lula, que mantinha relações diretas com o presidente da OAS Léo Pinheiro. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

O ex-presidente Lula, que mantinha relações diretas com o presidente da OAS Léo Pinheiro. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

O Ministério Público do Estado de São Paulo vai denunciar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua mulher, Marisa Letícia, por ocultação de propriedade. Os promotores acreditam ter reunido provas suficientes para comprovar o casal é dono de um triplex reformado e mobiliado pela OAS no Guarujá, litoral paulista.

A OAS é uma das empreiteiras envolvidas na Lava Jato. De acordo com um dos promotores responsáveis pela investigação ouvido pelo Estado, o entendimento do Ministério Público é de que o imóvel no Guarujá é a “evidência material” mais visível da ligação de Lula com os empresários denunciados e condenados na operação.

Reportagem da revista Veja cita que teve acesso a um documento que embasa a denúncia que será oferecida contra Lula e que nele há provas de que o ex-presidente é proprietário do tríplex.

Conserino afirmou à revista que, além de Lula, a mulher dele, Marisa Letícia, também será denunciada. Eles serão chamados a depor, diz o promotor.

A construção do prédio em que fica o triplex foi assumida pela OAS depois da falência da Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo (Bancoop). Isso teria ocorrido depois de um pedido de Lula a Léo Pinheiro, ex-presidente da empreiteira condenado pela Justiça com base nas investigações da Operação Lava Jato.

Pelo tríplex , Lula deverá denunciado pelo Ministério Público por ocultação de propriedade. A denúncia contra o ex-presidente decorre da investigação de fraudes em negócios realizados pela Bancoop, informa a reportagem da revista.

COM A PALAVRA, O INSTITUTO LULA
O Instituto Lula, presidido por Paulo Okamotto, afirma que o promotor Cássio Conserino “violou a lei e até o bom senso ao anunciar, pela imprensa, que apresentará denúncia contra o ex-presidente Lula e sua esposa, Marisa Letícia, antes mesmo de ouvi-los”. “Os advogados do ex-presidente examinam as medidas que serão tomadas diante da conduta irregular e arbitrária do promotor”, afirma a assessoria.

Mais conteúdo sobre:

0 Comentarios