PF prende ex-prefeito de Belém por desvios de R$ 400 milhões

PF prende ex-prefeito de Belém por desvios de R$ 400 milhões

Duciomar Costa (PTB), o 'Dudu', ex-senador pelo Pará, foi capturado nesta sexta-feira, 1, na Operação Forte do Castelo

Luiz Vassallo e Julia Affonso

01 Dezembro 2017 | 11h39

Foto: PF

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira, 1, a Operação Forte do Castelo e prendeu o ex-prefeito de Belém e ex-senador pelo Pará Duciomar Gomes da Costa, o ‘Dudu’ (PTB).

A PF e a Procuradoria da República suspeitam que ‘Dudu’ comandava organização criminosa que teria desviado R$ 400 milhões dos cofres públicos por meio de fraudes a licitações durante sua gestão na capital paraense, entre 2005 e 2012, nas secretarias de Comunicação, Habitação e Urbanismo.

Em um endereço em Belém, a`PF apreendeu R$ 200 mil em dinheiro vivo – em uma mala havia cédulas de real, dólar e euro.


A Operação Forte do Castelo cumpre 4 mandados de prisão temporária, entre eles o do ex-prefeito e ex-senador, além de 14 mandados de buscas e 4 de condução coercitiva em Belém, Brasília e em São Paulo.

A reportagem está tentando contato com a defesa de ‘Dudu’.

Mais conteúdo sobre:

Polícia FederalBelém