PF deflagra 9ª fase da Operação Ararath, no Mato Grosso

PF deflagra 9ª fase da Operação Ararath, no Mato Grosso

Estão sendo cumpridos 11 mandados de busca e apreensão e 6 mandados de condução coercitiva

Julia Affonso e Fausto Macedo

02 Dezembro 2015 | 08h36

Foto: PF

Foto: PF

A Polícia Federal em Mato Grosso deflagrou nesta quarta-feira, 2, a 9ª fase da operação Ararath. Estão sendo cumpridos 11 mandados de busca e apreensão e 6 mandados de condução coercitiva – quando o investigado é levado para depor e liberado – expedidos pela 5ª Vara Federal de Mato Grosso, nos municípios de Cuiabá (MT) e Várzea Grande (MT).

O objetivo é desarticular um braço de um grupo que ‘estaria adquirindo empresas em nome de terceiros e realizando os pagamentos por meio de instituições financeiras clandestinas (operadores financeiros) as quais ainda não tinham sido relacionadas na investigação’.

“Após análise de documentos apreendidos em fases anteriores da Operação Ararath e provas compartilhadas pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região relacionadas à Operação Miqueias, deflagrada pela Polícia Federal no Distrito Federal em setembro de 2013, constatou-se a realização de pagamentos de aproximadamente R$ 17 milhões no interesse da organização criminosa”, informou a PF, em nota.


São investigados crimes de operar instituição financeira clandestina, artigo 16 da Lei 7.492/86, crimes contra a administração pública, artigo 317 do Código Penal, lavagem de dinheiro, artigo 1º da Lei 9.613/98 e o crime de organização criminosa, artigo 2º Lei 12.850/2013.

Mais conteúdo sobre:

Operação ArarathPolícia Federal