Passageiro: ‘Sr. Chalita’

Passageiro: ‘Sr. Chalita’

A Polícia Federal encontrou, em planilhas do doleiro Lúcio Funaro, registros do então candidato à Prefeitura de São Paulo, em 2012, passeando em aeronave do delator, supostamente como parte de caixa dois para sua campanha

Luiz Vassallo, Fábio Fabrini e Fábio Serapião

23 Setembro 2017 | 05h00

COM A PALAVRA, CHALITA

“Os recursos da campanha da eleição municipal de São Paulo de prefeito, vice e vereadores vieram do PMDB nacional, que se responsabilizou pela arrecadação. Deixei o PMDB há  2 anos e nunca tive nenhuma relação com Lucio Funaro”.