Moro manda abrir inquérito contra Beto Richa

Moro manda abrir inquérito contra Beto Richa

Investigação mira propina sobre um suposto favorecimento à Odebrecht, em 2014, para duplicação da rodovia PR 323

Fausto Macedo e Julia Affonso

12 Maio 2018 | 21h33

Beto Richa. Foto: Estadão

O juiz federal Sérgio Moro mandou abrir um inquérito contra o ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB). Em abril, o ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), enviou à Justiça Eleitoral do Paraná um processo instaurado contra Beto Richa no âmbito da delação da Odebrecht e também decidiu encaminhar a Sérgio Moro as cópias dos autos do inquérito.

Documento

Na quinta-feira, 10, Moro determinou a abertura do inquérito. A investigação mira propina sobre um suposto favorecimento à Odebrecht, em 2014, para duplicação da rodovia PR 323.

“Intimem-se, portanto, a autoridade policial e o Ministério Público Federal para a continuidade das investigações por 30 dias”, determinou o magistrado.

A reportagem está tentando contato com o ex-governador Beto Richa. O espaço está aberto para manifestação.